F1

Bottas lamenta por não repetir pole de 2017 em Abu Dhabi e reconhece: “Hamilton fez ótimo trabalho”

No ano passado, Valtteri Bottas garantiu a pole-position com recorde da pista em Abu Dhabi e partiu para fechar a temporada com vitória. Neste sábado, o finlandês ficou perto, mas viu o pentacampeão Lewis Hamilton assegurar a posição de honra do grid árabe
Warm Up / FERNANDO SILVA, de Sumaré
 Valtteri Bottas (Foto: Mercedes)

Valtteri Bottas confirmou neste sábado (24) seu ótimo retrospecto em Abu Dhabi. Foi lá que o finlandês largou na frente e venceu no ano passado, já representando as cores da Mercedes. O piloto ficou perto de repetir o feito no treino classificatório em Yas Marina, mas só não contava com a volta magistral de Lewis Hamilton, que vai partir na posição de honra da última corrida da temporada 2018.
 
Na última tentativa de volta rápida durante o Q3, Hamilton anotou o novo recorde da pista: 1min34s794. A missão parecia impossível para Bottas, que estava até atrás de Vettel, mas o finlandês foi quem mais se aproximou do tempo do companheiro de equipe e garantiu um lugar na primeira fila, ficando 0s162 atrás.
Valtteri Bottas ficou perto da pole neste sábado em Abu Dhabi (Foto: Mercedes)
Em entrevista a David Coulthard logo após o fim da classificação, Bottas não escondeu uma ponta de decepção por falhar na tarefa de repetir o feito de 2017.
 
“Com certeza, estava buscando a pole. Tive um bom resultado aqui no ano passado, mas não consegui repetir isso. Pessoalmente, o segundo lugar não era o que eu esperava, mas foi bom para nós. E embora tenhamos garantido os títulos, ainda conseguimos fazer uma dobradinha na última corrida”, declarou.
 
“Eu estava me saindo bem, mas não consegui bater o tempo dele. Ele fez um ótimo trabalho”, admitiu o finlandês.
 
Neste domingo, Bottas tem a chance derradeira de garantir uma vitória naquela que considera ser a sua “pior temporada” na F1. 
 
O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e em TEMPO REAL todo o fim de semana do GP de Abu Dhabi, o último da temporada 2018 da F1. Siga tudo aqui.