Bratches deixa posto de diretor-comercial e passa a atuar como consultor da F1

A Fórmula 1 anunciou nesta segunda-feira (20) que Sean Bratches está deixando o posto de diretor de operações comerciais da categoria. O executivo vai passar a atuar como consultor do Mundial

A gestão da Fórmula 1 vai passar por uma mudança em 2020. A categoria anunciou nesta segunda-feira (20) que Sean Bratches está deixando o posto de diretor de operações comerciais e vai passar a atuar como consultor.
 
Bratches se juntou à F1 em janeiro de 2017, já na gestão do Liberty Media. Desde então, trabalhou para aumentar o alcance do Mundial, assim como desenvolver a atuação do certame nas novas mídias. Entre os destaques da gestão de Sean está a série ‘Drive to Survive’, da Netflix.
Sean Bratches deixou a direção comercial da F1 (Foto: F1/Twitter)
Paddockast
O MELHOR CONTEÚDO DO ESPORTE A MOTOR PARA OUVIR QUANDO QUISER

Ouça:

Spotify | iTunes | Android | playerFM

O dirigente vai deixar o posto para voltar aos Estados Unidos e se dedicar à família. 
 
“Quero agradecer Sean em nome de todos na Fórmula 1 pela liderança, paixão e conhecimentos que ele transmitiu ao negócio nos últimos três anos”, disse Chase Carey, diretor-executivo da F1. “Sean transformou o lado comercial da F1 e uma prova do trabalho dele é o nosso momento e o crescimento como negócio”, seguiu.
 
“Estou satisfeito por Sean continuar como um consultor para nós desde a casa dele, nos Estados Unidos. Ele será sempre uma parte da família da Fórmula 1 e estou ansioso pelos contínuos conselhos e orientações dele. Desejo a ele todo o melhor em sua nova aventura”, completou.
 
Bratches, por sua vez, classificou sua passagem pela Fórmula 1 como uma “jornada incrível” e celebrou o fato de deixar a categoria numa posição melhor do que encontrou.
 
“Os últimos três anos na Fórmula 1 foram uma jornada incrível, uma que aproveitei bastante”, comentou. “Quero agradecer pessoalmente ao time na F1 pelo esforço e dedicação extraordinários. Eles são os melhores dos melhores e estou confiante de que eles vão continuar servindo os fãs e cumprindo com a estratégia que traçamos para os próximos anos”, falou.
 
“Me orgulho por deixar a F1 numa posição melhor do que quando cheguei em 2017 e sei que a fundação que fizemos como um time vai continuar a atender os nossos fãs ao redor do mundo e alcançar novas audiências”, concluiu.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube