Sainz celebra 5° lugar no grid em Portugal. Leclerc diz que “não foi bem o suficiente”

Com Sainz largando na 5ª posição e Leclerc na 8ª, a Ferrari viu pilotos reagirem de maneira oposta ao treino classificatório do GP de Portugal

Bottas surpreende e é pole em Portugal: assista aos melhores momentos da classificação da F1 (Foto: GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Apesar de ter colocado os dois carros no Q3, no treino classificatório deste sábado (1), para o GP de Portugal, a Ferrari enxergou seus pilotos com diferentes reações. Carlos Sainz Jr., quinto colocado na atividade, celebrou o fato de estar “mais à vontade” em sua nova casa. Enquanto isso, Charles Leclerc, que anotou o oitavo melhor tempo, lamentou o resultado e afirmou que poderia ter tido “um desempenho melhor”.

Para o monegasco, a combinação de vento forte em Portimão com sua própria inconstância levou ao desempenho aquém na classificação.

“Eu simplesmente não fui bem o suficiente. Não pilotei da forma que gostaria e fui inconstante ao longo de todo treino classificatório. O vento dificultou, mas isso aconteceu com todos e eu deveria ter tido um desempenho melhor. Começaremos com pneus médios e é bom para a largada, já que somos os primeiros carros com estes pneus”, afirmou Leclerc.

“Vamos lutar para largar bem com eles, podemos ter uma boa largada sem perder muitas posições. Nas primeiras voltas eles são difíceis de aquecer, mas depois deveremos estar melhores”, disse.

Leclerc guiando em Portimão (Foto: Ferrari Media)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Já Sainz, chegando a sua terceira corrida pela escuderia de Maranello, disse estar mais adaptado ao carro e celebrou a quinta posição conquistada para o grid de amanhã.

“Na verdade estou satisfeito, em particular com o acerto do carro hoje. Eu senti que desde Ímola estou progredindo, mudando algumas coisas em minha forma de guiar. Algumas mudanças na forma de frear e entrar na curva, tentei muitas configurações diferentes e senti que progredi. Ainda tenho um caminho longo para trilhar com as corridas, mas já me sinto mais à vontade”, seguiu Sainz.

“A única situação em que fui conservador foi na primeira volta no Bahrein, pois queria realmente completar a prova. Não sabia como o carro se comportava no ar sujo atrás de dez carros. Então me redimi na primeira volta de Ímola. Eu forcei bastante lá. Eu cometi alguns erros, mas o importante é que quando não erro fico próximo de onde quero estar”, finalizou o espanhol.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube