Sainz elogia tática da Ferrari para pódio na Rússia: “Paramos no momento adequado”

Carlos Sainz comemorou o terceiro lugar no GP da Rússia e relembrou o pit-stop feito na "hora exata" na chuva em Sóchi

A organização do GP de Miami anunciou a data da corrida na temporada 2022 da F1 (Vídeo: Miami GP)

O GP da Rússia deste domingo (26), vencido por Lewis Hamilton, trouxe alegrias para Carlos Sainz Jr. Terceiro colocado na corrida, o espanhol partiu da segunda posição e chegou a assumir a liderança da prova logo na primeira volta. Porém, o desgaste dos pneus se fez presente na corrida, mas a chuva que atingiu o circuito no fim da prova e a tática da Ferrari possibilitaram o terceiro pódio dele pela Ferrari em 2021.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Logo após a corrida, o piloto da Ferrari relembrou a boa largada protagonizada no Parque Olímpico de Sóchi e citou os problemas de desgaste dos pneus ao longo de toda a corrida. Ainda, a jornada rumo ao terceiro lugar foi relembrada pelo espanhol.

“Primeiramente, tive uma boa largada e tinha como prioridade não perder a posição para o George [Russell]. Então, consegui me manter atrás de Lando [Norris] e tentar uma manobra na curva 2, que funcionou perfeitamente”, recordou Sainz.

“Infelizmente, quando era o primeiro colocado, o desgaste dos pneus começou a acontecer e já estávamos sofrendo muito. Tivemos de trocar e calçar os pneus duros muito cedo e gerenciá-los durante a segunda parte da corrida”, disse o espanhol.

CARLOS SAINZ; LARGADA; GP DA RÚSSIA;
Carlos Sainz assumiu a ponta logo nos primeiros metros do GP da Rússia (Foto: Fórmula 1/Twitter)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Se o desgaste dos pneus duros chegou em um momento ruim, a chuva, na visão de Sainz, deu as caras no momento ideal. Logo que o tempo mudou, o espanhol foi para o box e calçou os pneus intermediários, que deram condições para que o pódio fosse possível neste domingo.

CARLOS SAINZ; PÓDIO; GP DA RÚSSIA;
Carlos Sainz festejou, na Rússia, seu terceiro pódio na temporada (Foto: Ferrari)

“A chuva veio no melhor momento possível, já que meus pneus duros estavam muito desgastados, quase destruídos. Tomamos a decisão de parar no momento adequado. No fim das contas, consegui me recuperar rumo ao terceiro lugar, numa corrida que foi bem empolgante no geral”, concluiu.

Sainz conquistou 15 pontos neste domingo e chegou aos 112,5 no Mundial de Pilotos, em situação que o coloca em sexto no campeonato, uma posição acima de Charles Leclerc, companheiro de Ferrari, que terminou a corrida na 15ª posição e foi um dos pilotos que enfrentou o revés com a chuva nas voltas finais.

Passado o GP da Rússia, 15ª etapa do Mundial, a Fórmula 1 retornará às pistas no GP da Turquia, no Istambul Park, em 3 de outubro.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar