Leclerc lamenta problemas em Mônaco e Hungria, mas vê “passo à frente” da Ferrari

Piloto monegasco já está no Brasil para a disputa do GP de São Paulo, e fez um balanço da temporada 2021 até aqui. Leclerc reclamou de problemas em duas corridas, mas vê temporada de forma positiva

MERCEDES ENTREGA OS PONTOS NA F1 2021? MAZEPIN É EXPULSO DE BALADA? | Paddock GP #265

A Fórmula 1 já desembarcou no Brasil para a disputa do GP de São Paulo, programado para acontecer neste fim de semana, e os pilotos da categoria concederam as primeiras entrevistas nesta quarta-feira (10). Charles Leclerc fez um balanço de sua temporada até aqui, considerada boa pelo monegasco. No entanto, o #16 não deixou de lamentar as oportunidades perdidas pela equipe italiana nos GPs de Mônaco e Hungria.

“Acho que é uma boa temporada”, começou Leclerc ao ser perguntado pelo GRANDE PRÊMIO, em São Paulo. “Infelizmente, especialmente em duas corridas, podíamos ter somado mais pontos. Primeiro em Mônaco, começando a corrida na pole, acho que poderíamos ter feito bons pontos lá. Budapeste também, estávamos em uma boa posição até quebrarmos. Essas duas corridas nos tiraram alguns pontos no campeonato, mas tirando isso, estou feliz com minha temporada até agora”, disse.

Em Mônaco, justamente o lugar onde Leclerc nasceu, o piloto conseguiu fazer a pole-position no sábado, mas não pode largar no domingo. Um problema no eixo de transmissão de sua Ferrari impediu que Charles sequer fosse ao grid de largada. No GP da Hungria, por outro lado, o problema não teve nada a ver com as condições do carro: Charles foi abalroado pela Aston Martin de Lance Stroll com tanta força que danificou sua unidade de potência.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Charles Leclerc conquistou bom resultado na Cidade do México, somando dez pontos com o quinto lugar (Foto: Ferrari)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

O piloto ainda aproveitou para ressaltar as melhorias no carro da Ferrari, já que o ano de 2020 foi o pior dos últimos 40 anos para a equipe italiana, que consegue ocupar a terceira colocação no Mundial de Construtores em 2021. Leclerc relembrou os problemas vividos no ano passado e destacou a subida de produção que a equipe teve desde o último upgrade do motor, feito na Rússia no carro de Charles e na Turquia no de Carlos Sainz.

“E como time, demos um grande passo de competitividade desde o ano passado, que foi muito complicado para a equipe”, reconheceu. “Estávamos tendo problemas com o carro, mas deu tudo certo e demos um passo à frente esse ano. Três ou quatro corridas atrás, melhoramos o motor, o que nos colocou na direção certa. Então estou feliz com a temporada, o rendimento, ainda há muito trabalho a se fazer, pois quero brigar por vitórias e não pelo quinto ou sexto lugar. Mas acho que estamos no caminho certo”, encerrou.

Leclerc é o sexto colocado na tabela de classificação do Mundial de Piloto, uma posição e 7,5 pontos à frente de Sainz, seu companheiro de equipe. Entre os Construtores, a Ferrari deu um passo importante na Cidade do México ao tomar o terceiro posto da McLaren, restando apenas quatro etapas para o encerramento do campeonato.

O GP de São Paulo acontece entre os dias 12 e 14 de novembro, com cobertura especial e ‘in loco’ do GRANDE PRÊMIO, direto de Interlagos.

Esteban Ocon foi ensanduichado por Mick Schumacher e Yuki Tsunoda (Vídeo: Reprodução)
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar