Leclerc relembra anos difíceis na Ferrari e comemora “início dos sonhos” de 2022

Charles Leclerc falou sobre os anos complicados da Ferrari antes da volta por cima de 2022 que coloca o monegasco na ponta do Mundial de Pilotos após quatro corridas

FÓRMULA 1 VIRA FESTA EM MIAMI E PALCO DE MANIFESTAÇÕES DE HAMILTON E VETTEL | WGP

Charles Leclerc chega ao primeiro GP de Miami da história como um dos grandes protagonistas da Fórmula 1. Com duas vitórias em 2022, o monegasco da Ferrari é o líder do Mundial de Pilotos com 27 pontos de vantagem para o rival Max Verstappen, da Red Bull e atual campeão. Na Flórida, o dono do carro #16 tenta a quinta vitória da carreira para ficar mais confortável na liderança.

Em entrevista à emissora americana CNN, Leclerc falou sobre as dificuldades com a Ferrari nos anos anteriores. A equipe encarou um jejum de vitórias que durou mais de dois anos até o monegasco faturar a prova de abertura do campeonato no Bahrein, em março.

“Os últimos anos foram muito, muito difíceis, porque quando cheguei na Ferrari, em 2019, tínhamos um carro capaz de vencer corridas em algumas ocasiões, e tive minhas duas primeiras vitórias em 2019. Depois em 2020 e 2021, você se encontra com um carro com muito mais dificuldades, e está brigando do 6º ao 10º lugar se fizer um fim de semana perfeito, o que não é tão legal e difícil de aceitar, mas como time, acho que aceitamos isso, e trabalhamos da melhor forma possível para voltar ao topo”, declarou Leclerc.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Charles Leclerc em Ímola (Foto: F1)

LEIA MAIS
10 equipes com pontos, boas corridas e briga no topo: regulamento da F1 2022 já se paga

Charles desembarcou em Maranello em 2019, vencendo duas corridas na temporada e desbancando o tetracampeão mundial Sebastian Vettel nos dois anos em que foram companheiros de equipe. Agora na liderança do campeonato, o monegasco reconhece que o caminho até o título é longo.

“Tínhamos muita esperança para este ano, e trabalhamos para voltar ao topo, e finalmente ver todo esse trabalho sendo pago após alguns anos nesta situação difícil torna ainda mais incrível. Então, é bom liderar o campeonato, mas também sabemos que a temporada é longa e precisamos trabalhar duro para manter a posição, mas é um início dos sonhos até aqui. Estamos trabalhando mais duro que nunca para manter esta posição”, concluiu.

O GP de Miami, que acontece neste fim de semana, entre os dias 6 e 8 de maio. A corrida, no domingo, está marcada para às 16h30 (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as ações no inédito circuito americano de rua AO VIVO e em TEMPO REAL.

FÓRMULA 1 2022: O QUE ESPERAR DO GP DE MIAMI + PORSCHE E AUDI VÃO ENTRAR? | Paddock GP #285
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar