Chefão da F1 pede desculpas após cancelamento de última hora do GP da Austrália

Chase Carey, líder da F1 na gestão do Liberty Media, pediu desculpas em carta aberta ao público. A categoria foi alvo de críticas após cancelar o GP da Austrália só duas horas antes do começo dos treinos livres, consequência do coronavírus

Levou alguns dias, mas Chase Carey resolveu se desculpar pelos inconvenientes do GP da Austrália. Com a corrida australiana formalmente cancelada apenas duas horas antes do início do primeiro treino livre, público, equipes e imprensa ficaram expostos aos riscos da pandemia do coronavírus. O chefão da Fórmula 1 lamentou os acontecimentos recentes, consequências de circunstâncias “dinâmicas”.
 
“Acima de tudo, nossa prioridade é a saúde e a segurança de fãs, equipes e organizadores da F1, assim como da sociedade como um todo”, destacou Carey, em carta aberta. “Pedimos desculpas aos fãs afetados pelo cancelamento na Austrália, assim como pelo adiamento das outras provas até aqui. Essas decisões estão sendo feitas por F1, FIA e autoridades locais em circunstâncias que mudam rapidamente, mas acreditamos que são certas e necessárias. Também queremos deixar nossos sentimentos ao já afetados, incluindo os que fazem parte da família da F1”, seguiu.
Chase Carey é o líder da Fórmula 1 na gestão do Liberty Media (Foto: Reprodução)
Já são dois casos confirmados de coronavírus entre frequentadores do paddock da F1. O primeiro foi um funcionário da McLaren, que deu início à série de eventos que culminou no cancelamento do GP da Austrália. O segundo, mais recente, foi de um empregado da Pirelli. Os dois se recuperam bem, isso enquanto outros se submetem voluntariamente a regimes de quarentena.
 
Enquanto a saúde da comunidade da F1 é afetada, quem também sofre é o calendário. Os GPs de Austrália, Bahrein, China e Vietnã já não vão acontecer em suas datas originais. Espanha, Holanda e Mônaco ainda não tiveram destino definido, mas estão na berlinda. Afinal, a categoria já disse publicamente que só planeja abrir os trabalhos em 2020 no fim de maio. E talvez nem tal meta seja possível já que Chase prometeu esperar até que a pandemia seja controlada.
 
“Nós entendemos que todos querem saber o que vem pela frente na F1 em 2020. Não podemos dar respostas específicas hoje, considerando que é uma situação dinâmica. Entretanto, planejamos começar o campeonato de 2020 tão logo seja seguro. Estamos em contato com especialistas diariamente, avaliando como ir em frente nos próximos meses”, encerrou Carey.

 


 
Paddockast #52
PREVISÕES CERTEIRAS E OUSADAS PARA F1 2020

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube