Chefe da Ferrari diz que Alonso precisa de carro melhor para poder vencer e garantir título de 2012

Stefano Domenicali, chefe da Ferrari, afirmou que a equipe precisa melhorar a F2012 para que Fernando Alonso possa vencer novamente na temporada. Dirigente destacou que não é impossível conquistar o título sem nova vitória, mas ressaltou que triunfo é importante

 

► As imagens deste domingo da F1 em Cingapura

Fernando Alonso segue contando com uma grande dose de sorte na temporada de 2012 da F1, mas Stefano Domenicali, chefe da Ferrari, defende que não pode ser sempre assim. Na visão do dirigente, Maranello precisa melhorar a F2012 para que o espanhol possa triunfar novamente e se colocar em uma posição mais confortável na classificação do Mundial. 

 
O asturiano somou 194 pontos e sustenta uma vantagem de 29 para Sebastian Vettel, que assumiu a segunda colocação após a vitória em Cingapura, mas não vence desde o GP da Alemanha, disputado em Hockenhein no dia 22 de julho. 
Domenicali quer F2012 para Alonso vencer novamente (Foto: Ferrari/ Ercole Colombo)
“É fundamental dar ao Fernando um carro melhor em certas condições”, disse Domenicali. “Temos de ter certeza de que Fernando pode vencer mais uma vez até o final, do contrário, será muito difícil”, alertou. 
 
O dirigente concordou que a Ferrari se beneficiou com os problemas de Vettel na Itália e com o abandono de Lewis Hamilton em Marina Bay, mas lembrou que o time não pode contar com a sorte o tempo todo. “Teríamos de confiar em problemas dos outros, o que não é a coisa certa a dizer ou a fazer neste momento.”
 
Domenicali afirmou que não é impossível conquistar o título sem vencer outra corrida, mas ressaltou que o triunfo é necessário. “Não é impossível, porque você nunca pode dizer nunca, mas, para nós, é fundamental que ele possa vencer mais corridas a partir daqui”, frisou. “Confiabilidade para mim é um aspecto fundamental até o fim da temporada.”
 
Stefano reconheceu que o time teve problemas em Monza e colocou a confiabilidade como prioridade. “Sabemos que tivemos problemas em Monza, sabemos que poderíamos ter tido outros problemas em Cingapura, então precisamos esperar e ver, mas isso é uma prioridade”, disse. 
 
O dirigente destacou que neste ponto da temporada as equipes precisam ter cuidado com os motores, já que não podem arriscar uma quebra. “Não esqueça que agora nós estamos em uma situação onde os motores serão insuficientes para todos – quilometragem será importante”, avaliou. “Então tem algo nesse lado da situação que é muito, muito importante”, concluiu. 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube