Chefe da Haas descarta erro da F1 com GP em Nürburgring em outubro: “Melhor opção”

Guenther Steiner entende que, em razão das condições atípicas neste ano por conta da pandemia, não havia alternativa à Fórmula 1, de modo que, também, não há erro na escolha pelo circuito alemão nesta época do ano

A forte chuva e a densa neblina impediram a realização do primeiro treino livre do GP de Eifel, 11ª etapa da temporada 2020 do Mundial de Fórmula 1, marcada para Nürburgring neste fim de semana. O circuito alemão foi confirmado no calendário revisado do campeonato em razão das muitas mudanças provocadas pela pandemia do coronavírus, que forçou o cancelamento de várias etapas e o remanejamento de outras.

Entretanto, nesta época do ano, Nürburg, pequena cidade no noroeste da Alemanha próxima à fronteira com a Bélgica, é caracterizada por baixas temperaturas, com médias estimadas em 7,3ºC no mês de outubro, além de chuvas fortes e, por consequência, a neblina.

F1; FÓRMULA 1; GP DE EIFEL; NÜRBURGRING; TL1;
Consegue enxergar algo? Este foi o cenário desta manhã de sexta-feira em Nürburgring (Foto: Reprodução)


Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Mas Guenther Steiner, chefe de equipe da Haas, entende que não há como condenar a Fórmula 1 por ter marcado a corrida nesta época do ano para Nürburgring. “Não diria que é um erro. Neste ano, nada é um erro”, afirmou o dirigente italiano em entrevista coletiva nesta sexta-feira, pouco depois de o TL1 do GP de Eifel não acontecer.

Há quase duas semanas, a versão mais clássica do circuito alemão, Nordschleife, com extensão de cerca de 25 km e chamada de ‘inferno verde’, recebeu mais uma edição das 24 Horas de Nürburgring. Na ocasião, a prova foi interrompida com bandeira verde por quase dez horas justamente em razão da chuva e da neblina.

Entretanto, o dirigente levou em conta a dificuldade da Fórmula 1 em encontrar circuitos aptos a receber uma etapa do Mundial num ano tão atípico por conta da pandemia. A organização do campeonato preferiu concentrar as corridas ao longo do campeonato na Europa e no Oriente Médio para facilitar a logística e evitar grandes deslocamentos.

Por isso, Steiner ressaltou que não há erros e que cenários climáticos como o desta sexta-feira em Nürburgring acontecem aqui e ali. “Promover qualquer GP é um êxito, na minha opinião. Não podemos escolher. Precisávamos fazer algo, e acho que essa era a melhor opção. E não é a primeira vez que o tempo fica assim”.

“Talvez amanhã seja melhor, e com chuva na corrida, quem realmente se importa? Acho que, neste momento, é a neblina com o helicóptero que é o problema, não a pista em si. Mas neste ano, qualquer corrida em que possamos entrar a qualquer momento, acho que é uma vitória para nós”, concluiu.

O treino livre 2 do GP de Eifel de Fórmula 1 está marcado para 10h (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube