Chefe da McLaren admite decepção com classificação de Ricciardo: “Eu não esperava”

Andreas Seidl, chefe da McLaren, não fez questão de esconder que a classificação de Daniel Ricciardo em Portugal foi extremamente decepcionante

Bottas surpreende e é pole em Portugal: assista aos melhores momentos da classificação da F1 (Foto: GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Na relação entre o que era possível fazer e o resultado real, é difícil imaginar alguma frustração maior que a de Daniel Ricciardo no treino de classificação do GP de Portugal, no último sábado. O australiano, após aprovar o carro na sexta e andar bem nos treinos livres, fechou somente na 16ª colocação. A própria McLaren admitiu que ficou chateada com o fracasso.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Quem falou foi Andreas Seidl, chefe do time de Woking. Com a McLaren na briga para ser terceira força do grid, o 16º posto de Ricciardo fez o sétimo lugar de Lando Norris parecer bem pior que realmente é.

“Para ser honesto, terminar em sétimo e 16º definitivamente não era o que eu tinha em mente quando acordei no sábado pela manhã e fui para a pista”, admitiu. “É decepcionante para Daniel e nós que ele não tenha passado para o Q2 e para o Q3, porque tivemos treinos livres definitivamente bons na sexta e no sábado pela manhã, treinos em que ele estava mais confortável com o carro”, apontou.

“Quando as condições complexas da classificação, com bastante vento, tráfego e pouca aderência vieram, ele simplesmente não conseguiu repetir o desempenho que mostrou nos treinos livres. Infelizmente, significou que sua classificação terminasse logo no começo, o que é decepcionante, mas ao mesmo tempo agora precisamos colocar isso no passado”, continuou.

Sábado foi ruim para Ricciardo (Foto: McLaren)
https://open.spotify.com/episode/0xT9K2z2OQgWQ71ikjorpA

Mesmo com o sábado a lamentar, Seidl acredita que existe potencial na McLaren para marcar muitos pontos em Portimão.

“Temos que deixar essa decepção para trás. Temos um carro competitivo para a corrida do domingo e, apesar de tudo, acho que estamos numa boa posição para lutar por bons pontos novamente. É nisso que estamos focados agora”, finalizou.

Logo na chegada ao autódromo no domingo, Ricciardo tocou no assunto. “Simplesmente não executei bem. Foi frustrante. Hoje é uma chance nova de ser melhor. Claro que eu gostaria de largar na frente, mas sei que posso avançar no grid. Algumas vezes essas corridas em que você larga atrás são as mais divertidas, em recuperação. Passei a noite imaginando ultrapassagens, então espero consegui-las”, falou.

Fórmula 1 retorna no domingo às 11h (de Brasília) para, enfim, largar em Portimão. O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e em TEMPO REAL todo o fim de semana do GP de Portugal de F1. Siga tudo aqui.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube