Chefe da McLaren vê evolução do carro em Mônaco e admite: "Estamos fazendo pequenos progressos"

Equipe britânica teve bom desempenho em Monte Carlo: Button foi o sexto, enquanto Pérez fazia prova excepcional até provocar acidente estúpido com Räikkönen. "Vamos continuar pressionando para alcançar uma posição competitiva", afirmou Whitmarsh, chefe do time

 
A McLaren deu sinal de vida em Mônaco. Após início de temporada abaixo da média, com pouca competitividade e pontos esporádicos, o MP4/28 reagiu nas ruas de Monte Carlo e, com boa performance, conseguiu posição de destaque tanto no grid quanto na corrida.
 
Jenson Button, discreto e econômico como de costume, cruzou a linha de chegada do Principado na sexta posição.
 
Já Sergio Pérez, que vive claro problema de identidade por não se decidir entre ser gênial ou acéfalo, vinha dando show e estava, inclusive, na frente de seu companheiro de equipe, tendo absolutamente tudo para conquistar o melhor resultado prateado no ano. 
Jenson Button foi sexto colocado em Mônaco (Foto: Getty Images)
No entanto, o mexicano bateu de forma bizarra em Kimi Räikkönen durante uma tentativa de ultrapassagem e estragou não só sua corrida como a do finlandês, que, na raça, ainda conseguiu salvar um ponto na última volta.
 
Martin Whitmarsh, chefe da McLaren, se mostrou contente com a evolução gradual da escuderia, corrida após corrida – ainda que Mônaco, sabidamente, seja uma corrida bastante peculiar por suas características particulares.
 
"Nós já deveríamos ter uma quantidade decente de pontos, mas fizemos um pequeno progresso", admitiu Martin. "A coisa mais interessante aqui foi que, na verdade, tivemos razoável estabilidade nos freios e razoável tração, que é o que basicamente estava nos matando antes."
 
No entanto, o dirigente inglês admitiu que ainda é preciso mais para que o MP4/28 atinja o nível de competitividade ideal e almejado pela equipe.
 
"Ainda não temos desempenho suficiente, mas estamos fazendo pequenos progressos e o balanço do carro não estava ruim. Vamos continuar pressionando para alcançar uma posição competitiva", completou.
 
Atrás de Red Bull, Ferrari, Lotus, Mercedes e Force India, a McLaren é apenas a sexta colocada no Mundial de Construtores, com 37 pontos.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube