F1

Chefe da Mercedes cobra “resposta imediata” e elogia Ferrari em Barcelona: “Estão mais rápidos do que nós”

Toto Wolff reconheceu que o começo de trabalho da Ferrari na pré-temporada em Barcelona é mais forte que o da Mercedes e pediu uma resposta rápida do time para reafirmar força
GRANDE PRÊMIO, de Barcelona / Redação GP, de São Paulo
Não chega a ser uma crise, mas a Mercedes já tem respostas a dar pelo desempenho nos primeiros dias de testes coetivos em Barcelona. Quem diz isso é o próprio chefe do time Toto Wolff, que não esconde que, na sua opinião, a Ferrari está na frente não só nos tempos, mas também no desenvolvimento do novo carro.
 
Wolff explicou que, mesmo sem tantas mudanças drásticas no regulamento, a Ferrari achou um conceito de carro que, neste momento, é mais eficiente.
 
"É claro que não tivemos grandes mudanças no regulamento, mas já estamos vendo dois conceitos aerodinâmicos diferentes no momento. Parece até aqui que a Ferrari achou o ponto certo, eles são rápidos em uma volta e também em stints longos", disse o dirigente à emissora 'RTL'.
Lewis Hamilton e a Mercedes ainda estão devendo em Barcelona (Foto: Mercedes)
O austríaco não fez rodeios para admitir que os italianos, por enquanto, estão na frente e cobrou que a Mercedes comece a dar respostas nos próximos dias.
 
"Agora é importante que analisemos quais as vantagens e as desvantagens dos respectivos conceitos. Mas, depois de apenas três dias, eles são muito rápidos, mais rápidos que nós e precisamos responder agora", completou.
 
A Mercedes reveza todos os dias entre Valtteri Bottas e Lewis Hamilton, mas ainda não conseguiu sequer um top-3 com nenhum dos dois em Barcelona.
 
GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ a pré-temporada da F1 em Barcelona com os repórteres Evelyn Guimarães, Vitor Fazio, Eric Calduch e o fotógrafo Xavi Bonilla. Acompanhe tudo aqui.