Chefe da Mercedes espera conversa com Hamilton sobre novo contrato em “alguns dias”

Agora que a Mercedes confirmou as conquistas dos títulos do Mundial de Pilotos e de Construtores, Toto Wolff vai finalmente sentar com Lewis Hamilton para tratar da renovação do vínculo com a equipe heptacampeã mundial

Um dos grandes assuntos na Fórmula 1 ao longo do ano tem sido o futuro de Lewis Hamilton. O agora heptacampeão mundial jamais escondeu o seu desejo em permanecer na Mercedes, mas disse que não tinha pressa para negociar a renovação do contrato, que vence ao fim de 2020, com a equipe chefiada por Toto Wolff. Agora que os títulos de Construtores e também do Mundial de Pilotos estão definidos, o dirigente austríaco entende que é a hora de resolver a questão e definir as bases do novo vínculo.

Em entrevista à emissora britânica BBC, Wolff salientou que não abordou o assunto com Hamilton no retorno do GP da Turquia, mas inevitavelmente o tema será discutido em breve.

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:
YouTube | Facebook | Twitter Instagram | Pinterest | Twitch | DailyMotion

Lewis Hamilton e Toto Wolff formam uma das duplas mais vitoriosas da F1 em todos os tempos (Foto: Beto Issa)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Quando você voa depois de um heptacampeonato mundial, você não pode falar sobre contrato. Isso não faria jus à conquista. Vamos esperar alguns dias, depois vamos conversar sobre isso”, declarou.

O ex-piloto e atual dirigente, chefe de equipe e acionista da Mercedes lembrou que as negociações sobre um novo contrato não são tão agradáveis. Tudo por conta da amizade que une Wolff e Hamilton.

“Nossa relação vai muito além de negócios, é de amizade, é de confiança”, disse o austríaco.

“Só este único dia de negociações é algo que não gostamos pois é o único momento em que não temos objetivos comuns. O melhor negócio é aquele em que as duas partes não saem completamente satisfeitas”, ressaltou Wolff, lembrando que as duas partes precisam ceder para chegar a um acordo.

No fim das contas, as conversas sobre um novo contrato ficaram comprometidas principalmente por conta da pandemia. Havia um temor de que, em uma eventual exposição, Hamilton pudesse ser infectado pelo novo coronavírus, o que certamente comprometeria parte da sua temporada. Por isso, o contato pessoal entre os dois foi bastante limitado, informa a emissora britânica.

“É uma situação bizarra porque já falamos sobre isso há algum tempo, realmente só precisamos encontrar um dia em que nos sentaremos”, concluiu o dirigente heptacampeão do mundo.

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube