Chefe da Mercedes esperava Ferrari “muito forte” e vê “primeira fila como surpresa”

Toto Wolff ficou feliz, e surpreso, com o bom resultado conquistado pela Mercedes na classificação. O chefe da equipe reconheceu que esperava a Ferrari muito competitiva na tomada de tempos, e disse que a primeira fila foi um pouco inesperada

A classificação do GP da Inglaterra foi um tanto quanto positiva para a Mercedes. Tanto que Toto Wolff, chefe da equipe, reconheceu que a primeira fila inteiramente do time veio como uma surpresa.
 
Na disputa pela posição de honra em Silverstone, Valtteri Bottas tratou de anotar a marca de 1min25s093 para negar a Lewis Hamilton a pole-position em casa. O inglês ficou apenas a 0s006 do companheiro finlandês.
 
Entretanto, Charles Leclerc se mostrava bastante competitivo. Além do monegasco ter liderado o último treino livre, chegou a fechar o Q2 como o mais rápido, mas não conseguiu fazer frente para a dupla da Mercedes.
Lewis Hamilton (Foto: Mercedes)

Ao falar sobre a tomada de tempos, o dirigente mostrou satisfação e surpresa com o resultado. “Ter os dois carros na primeira fila hoje veio um pouco como uma surpresa para nós porque estávamos com um pé atrás durante a classificação” disse.
 

“Esperávamos a Ferrari muito forte, mas quando veio o Q3, eles pareceram ter andando para trás e nós avançamos. A aderência na pista melhorou, os pilotos encontraram ritmo e tudo veio em nossa direção”, seguiu.
 
“Na primeira saída, Valtteri teve uma volta fantástica e Lewis cometeu um pequeno erro; na segunda tentativa, Valtteri não conseguiu melhorar, mas Lewis fez uma volta quase idêntica a primeira de Bottas. Essas foram as pequenas coisas que fizeram a diferença no final”, continuou.
 
“Nossos pneus médios vão ser alguns metros menos competitivos da linha de largada, espero que, após isso, vão se provar mais robustos e podemos entregar o ritmo de corrida que vimos na sexta-feira”, concluiu.
 

Paddockast #24
A BATALHA: Indy x MotoGP

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube