Chefe da Red Bull celebra vitória, mas lamenta “não ter tirado mais pontos” da Mercedes

Christian Horner, chefe de equipe da Red Bull, comemorou vitória de Max Verstappen e minimizou a atuação ruim de Sergio Pérez, apenas 11º na prova

Lewis Hamilton escapou da pista enquanto perseguia Max Verstappen

Christian Horner enfim pôde comemorar uma vitória no Mundial de 2021. Se no Bahrein o triunfo escapou no fim da corrida, desta vez, no GP da Emília-Romanha deste domingo (18), Max Verstappen foi dominante e venceu sem ser ameaçado por Lewis Hamilton e a Mercedes, assegurando seu 11º triunfo na categoria, além de 25 pontos para a Red Bull.

A respeito da atuação de gala de Verstappen, Horner relembrou a derrota sofrida pela equipe e pelo holandês no Bahrein e comentou a atuação do holandês. “Nós tínhamos um bom carro, mas dava para perceber que a Mercedes era bem rápida. Eles tinham um desempenho melhor que o nosso, se você olhar para o stint com os pneus intermediários e o ritmo no fim da corrida, onde o Lewis anotou a volta mais rápida por um décimo, mas tinha o benefício de utilizar o DRS”, disse.

“Foi uma grande performance de Max hoje. As condições foram adversas para todos. Além daquela pequena oscilação, que foi o único erro que ele cometeu durante toda a tarde, ele mereceu totalmente a vitória. Max teve um ótimo início de prova, se lançou para dentro, deixando Lewis para trás. Sempre será difícil ter perdido a corrida no Bahrein, isso sempre será lembrado, sempre será o que chamamos de pedra no sapato”, continuou Horner.

MAX VERSTAPPEN; GP DA EMÍLIA-ROMANHA; ÍMOLA; VITÓRIA;
Max Verstappen vibra com a vitória no GP da Emília-Romanha (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Porém, do outro lado da garagem, Sergio Pérez ficou bem abaixo de seu companheiro de equipe, terminando a prova apenas em 11° (após punição a Kimi Räikkönen), colecionando uma série de rodadas e escapadas – situação que foi analisada por Horner.

“Ele [Pérez] teve um ótimo sábado. Na corrida ele não conseguiu repetir isso. Alguns erros, especialmente a rodada atrás da Ferrari, do Sainz, creio eu. Deveríamos ter tirado muito mais pontos da Mercedes hoje. Ele fez um excelente trabalho ontem, quase conseguiu a pole position. Virão ótimas corridas para ele no futuro. No ar limpo, ele tinha um bom ritmo. Só ficou preso na zona de DRS”, concluiu o comandante da Red Bull.

Apesar da vitória, por conta da volta mais rápida da corrida anotada por Hamilton, com o tempo de 1min16s702, que creditou um ponto extra ao britânico e a Mercedes, a Red Bull segue na vice-liderança do Mundial de Construtores, com 53 pontos.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar