Chefe da Red Bull cita bom trabalho e descarta suspeita com combustível da Ferrari: “É a palavra errada”

Christian Horner falou mais uma vez do combustível da Ferrari. O chefe da Red Bull descartou suspeitar da fornecedora da equipe italiana, respondendo aos comentários após ter dito sentir "cheiro de suco de toranja" nos boxes do time

Christian Horner descartou suspeitar do combustível utilizado pela Ferrari. O chefe da Red Bull ressaltou o bom trabalho feito pela escuderia italiana, dizendo que parte do desempenho vem do desenvolvimento desta área.
 
Durante o GP da China, o dirigente da equipe das bebidas energéticas deu uma declaração curiosa ao jornal ‘Auto Motor und Sport’, afirmando que o combustível da esquadra de Maranello “tinha cheiro de suco de toranja”
 
Entretanto, respondendo aos comentários de que isso era uma sugestão de que a Ferrari , em parceria com a Shell, estava forçando os limites do regulamento, Horner logo descartou a possibilidade. “Suspeitar é provavelmente a palavra errada”, apontou.
Sebastian Vettel e Max Verstappen (Foto: AFP)

“Eles estão obviamente fazendo um ótimo trabalho, pois estiveram, especialmente nas retas, se destacando entre os adversários neste ano. Obviamente o combustível é parte dessa performance e acredito que estão fazendo um bom trabalho”, seguiu.
 

“ExxonMobil está vendo alguns bons ganhos de nosso lado também, e estão trabalhando duro em parceria com a Honda. É uma área particular de interesse para desenvolvimento, pois é aberto e livre sem restrições, portanto, definitivamente há desempenho disponível nessa área”, concluiu.
 
A Shell já mostrou a grande importância do desenvolvimento do combustível no início do ano, quando revelou que as análises mostraram que seu produto contribuiu um com um ganho de 21% do desempenho do motor da Ferrari em 2018.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube