Chefe da Red Bull fala que é errado comparar com F1 e afirma que F-E “parece mais com GP3”

Christian Horner não está entre o rol de fãs que a F-E conseguiu nesta primeira temporada. Segundo o chefe da Red Bull, os carros são lentos demais e as baterias não durarem uma prova inteira manda uma mensagem errada. Além do mais, F-E é mais parecida, segundo Horner, com GP3 que F1

Christian Horner não gosta da F-E, aparentemente, segundo o próprio chefe da Red Bull falou durante um evento da equipe voltado para a imprensa nesta terça-feira (30). Segundo Horner, a F-E é mais parecida com uma categoria como a GP3 do que com a F1.
 
Ele contou que acompanhou a corrida que decidiu o campeonato no último domingo, em Londres, e achou os carros lentos demais, além de considerar que a necessidade de mudar de carro no meio da prova passa uma mensagem ruim.
 
"Eu assisti a corrida da F-E no domingo, e parece mais com uma competição como a GP3 do que com a F1. Está posicionado totalmente da F1, mas isso não é um ponto focal", disse.
Chefe da Red Bull, Christian Horner não é fã da F-E (Foto: Getty Images)
"O carro parece lento, o fato de que você tem de mudar de carro na metade da corrida – não estou certo de que passa uma mensagem sobre energia sustentável você dizer que seu carro não chega ao final de um GP ou uma corrida sem precisar trocá-lo", seguiu.
 
Na sequência, Horner deu uma aliviada, mas reafirmou: não faça comparações com a F1.
 
"Claro, não tirando nada da F-E, eles fizeram boas coisas para estar onde estão, mas não dá para colocar na mesma sentença que a F1", continuou.
 
Horner ainda disse que não espera a tecnologia das categorias se igualando, mas elogiou a ideia do fanboost, com os torcedores tendo alguma participação no andamento da prova.
 
"Não, realmente não. Não acho que seja uma direção para a qual queremos avançar", falou o chefe por trás dos quatro títulos mundiais de Sebastian Vettel.
 
"Essa foi a coisa que eu mais gostei. A interatividade com os fãs é ótima. O fato dos fãs poderem votar para seu piloto favorito ganhar um fanboost foi algo produtivo", encerrou Horner. 
 
A F1 volta ao trabalho a partir da próxima sexta-feira e corre o GP da Inglaterra no domingo. O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e EM TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube