Chefe da Toro Rosso se diz otimista para temporada 2016 e acredita em solução rápida para acordo de motores

Franz Tost, chefe da Toro Rosso, se mostrou otimista quanto ao possível acordo com a Ferrari para 2016. E afirmou que, assim que a Red Bull resolver a vida, a esquadra de Faenza também poderá fechar um contrato rapidamente

Chefe da Toro Rosso, Franz Tost se mostrou otimista ao comentar o futuro de sua esquadra na F1 com relação aos motores, mais especificamente. A expectativa é que a equipe de Faenza feche um acordo para voltar a competir com as unidades de potência da Ferrari em 2016, mas com especificação 2015.
 
Ainda que o time que tem os jovens Max Verstappen e Carlos Sainz Jr. em suas garagens saiba que a permanência na F1 também está associada à decisão do dono da Red Bull, Dietrich Mateschitz, que precisa encontrar uma solução para a equipe principal, Tost se disse tranquilo.
Franz Tost é o chefe da Toro Rosso (Foto: Getty Images)
Para o austríaco, assim que a tetracampeã finalmente finalizar um acordo, um contrato para a Toro Rosso também será selado de forma rápida, uma vez que a Ferrari se dispôs, em princípio, a estabelecer um vínculo com o time.
 
"Estou convencido de que em um espaço pequeno de tempo tudo será devidamente resolvido", disse o dirigente em entrevista ao site norte-americano 'Motorsport.com'.
 
"Temos de nos concentrar para garantir um acordo a tempo e juntar isso ao trabalho dos projetistas. A produção toda será bastante difícil. Mas isso é a F1 e temos de estar preparados", completou.
 
A mudança tardia dos planos quanto aos motores também vai provocar atrasos na concepção do carro de 2016 e certamente deve comprometer a pré-temporada. No entanto, a equipe já colocou em prática uma solução emergencial, em que os funcionários trabalham em turnos de 24 horas para que tudo fique pronto a tempo.
 
"Tivemos uma força-tarefa na reunião da semana passada a respeito dos projetos e da produção, então decidimos mudar para um trabalho em três turnos. Mas os prazos não estão em minhas mãos, eu tenho de aceitar o que vier a acontecer", encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube