Chefe de Hungaroring diz que circuito precisa de mais de R$ 9 milhões para obras de modernização

Zsolt Gyulay, chefe de Hungaroring, afirmou que a pista precisa de um investimento de mais de € 3 milhões (cerca de R$ 9,5 milhões) em obras de modernização

Bernie Ecclestone assinou um contrato no ano passado que garante a realização do GP da Hungria no circuito de Hungaroring até 2021. Apesar do acordo de longo prazo, Zsolt Gyulay, responsável pela pista, defende que o autódromo precisa de uma grande injeção de dinheiro para que possa ser modernizado.
Responsável por Hungaroring diz que modernização do autódromo não pode mais ser adiada (Foto: Pirelli)
Em entrevista à TV húngara e à agência estatal de notícias ‘MTI’, Gyulay afirmou que o traçado precisa imediatamente de dinheiro para renovar suas instalações. 
 
“Hungaroring foi construído em 1985, então a modernização não pode mais ser adiada”, defendeu Gyulay, acrescentando que obras precisam ser feitas na parte elétrica, nos sistemas de drenagem e também na qualidade do asfalto.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube