Chefe exalta trabalho de equipe da Mercedes e diz que saída de Lowe não está ligada à queda de rendimento em 2017

Toto Wolff afirmou que a saída de Paddy Lowe da direção técnica da Mercedes em nada tem a ver com o momento que a equipe atravessa na F1. O inglês trocou os tricampeões pela Williams. Wolff ainda elogiou Lowe, mas reiterou que ninguém é maior que o time

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Se Lewis Hamilton apontou "pequenas nuances" para o fraco rendimento que teve no GP de Mônaco há pouco menos de duas semanas, o chefe da Mercedes, Toto Wolff, também tratou de deixar claro que o relativo declínio de performance na esquadra alemã neste ano não está vinculado à saída de Paddy Lowe, que ocupava o posto de diretor-técnico dos prateados. 

 
Depois de quatro anos liderando o departamento de tecnologia da Mercedes, Lowe decidiu trocar a equipe tricampeã pela Williams, onde o engenheiro iniciou sua carreira na F1 em 1987. 
 
Questionado pela publicação 'Sport Bild' sobre a saída do britânico e como isso afetou o trabalho dentro da Mercedes, Wolff insistiu que nenhum indivíduo é maior do que a equipe. "Paddy é um excelente engenheiro e uma pessoa por quem tenho enorme respeito", afirmou o dirigente austríaco.
 
"Mas o sucesso em nosso esporte não tem a ver exclusivamente com o trabalho individual, mas, sim, com uma estrutura equilibrada e com as pessoas certas nos lugares certos. Na minha opinião, é isso que temos na Mercedes", completou.
Paddy Lowe e Toto Wolff no pit-wall da Mercedes (Foto: Mercedes)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

"Em tempos como esses é que você percebe o quão forte a equipe é e eu não poderia estar mais orgulhoso de como todos estão lidando com a situação atual. Nós temos os pés no chão, todos estão muito focados em resolver os nossos problemas e estamos aproveitando muito esse duelo com a Ferrari. É disso que se trata o esporte a motor: competir contra o melhor", acrescentou Wolff.

 
Uma vez mais, o chefe da Mercedes elogiou a postura também de Lewis Hamilton diante do cenário atual da temporada. Ainda que tenha vencido duas das seis corridas até aqui, o inglês vem enfrentando dificuldades com os pneus ultramacios e sustenta uma desvantagem de 25 pontos para o líder Sebastian Vettel.
 
"A atitude de Lewis e sua maturidade pessoal me impressionaram nesta temporada. Tivemos boas conversas antes de o campeonato começar. Todos colocaram suas cartas na mesa, falamos sobre o que funcionou e o que não funcionou nos últimos anos, e, desde então, ele assumiu um papel muito forte na equipe. Também sinto que ele está adorando essa briga com a Ferrari."
 
"Lewis tem uma influência muito positiva na equipe e está mais motivado do que nunca. O que é exatamente o que se espera de um campeão", concluiu.
 
O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do GP do Canadá AO VIVO e em TEMPO REAL, com livetiming e gráfico interativo.
 
A NOVA F1 SE APROXIMA MAIS DA INDY. E ÁUDIO EM MÔNACO É PROVA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube