Chefe diz que “seria mais crítico” com Bottas se Hamilton perdesse vitória na Espanha

Toto Wolff amenizou outro "dia difícil" para Valtteri Bottas, mas disse que o tom seria bem mais duro se o finlandês tivesse prejudicado Lewis Hamilton no seu caminho rumo à vitória na Espanha

Max Verstappen recebeu uma surpresa da Red Bull antes do GP da Espanha, o 100º dele na equipe (Vídeo: Red Bull)

Enquanto abria caminho na perseguição a Max Verstappen para buscar a vitória no GP da Espanha, Lewis Hamilton se deparou com Valtteri Bottas, seu companheiro de equipe na Mercedes. O cenário teórico e mais plausível seria o finlandês abrir passagem sem prejudicar a trajetória do heptacampeão, mas o piloto do carro #77 segurou Lewis por alguns segundos antes de permitir a ultrapassagem. O próprio Bottas chegou a afirmar: “Não estou aqui para deixar passar”. Mas como Toto Wolff, chefe da Mercedes, encarou a resistência do nórdico?

Bottas terminou o GP da Espanha em terceiro lugar. O dirigente austríaco descreveu a jornada do seu piloto como “um dia difícil novamente”, mas amenizou o tom. O que seria completamente diferente se a postura do finlandês à frente de Hamilton tivesse interferido nas pretensões de vitória da equipe com o britânico.

“Os instintos dos pilotos resumem o que eles são. Gostaríamos que, porque Lewis estava em uma estratégia completamente diferente, que ele deveria ter passado mais rápido. Mas, no fim das contas, conseguimos o resultado”, comentou Toto em entrevista veiculada pelo site britânico RaceFans.

“Eu consigo entender que o Valtteri teve um dia difícil e estava chateado. Mas se tivéssemos perdido a corrida, eu seria mais crítico. Mas, no fim das contas, é algo que podemos aprender. E isso serve para os dois lados, e é isso que estamos discutindo, mas de uma forma bem camarada”, disse.

TOTO WOLFF; MERCEDES;
Toto Wolff refletiu sobre o GP da Espanha (Foto: LAT Images/Mercedes)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Hamilton também foi questionado sobre a atitude de Bottas e minimizou. “Sinceramente, não sabia que ele tinha recebido uma mensagem, então, em minha mente, eu pensei: ‘Estamos disputando’. E isso é totalmente bom para mim, especialmente no início desta parte da temporada, então na minha mente pensei: ‘Tenho que chegar perto e esperar uma ultrapassagem”, comentou.

“Quando entramos na curva 10, estávamos em estratégias totalmente diferentes, eu o alcançaria em algum momento porque eu tinha pneus muito melhores. E estávamos a caminho da curva 10 e pensei que havia uma brecha lá, não tinha certeza. Então houve essa brecha. Valtteri foi completamente justo”, disse.

Com a vitória na Espanha, Hamilton chegou a três triunfos no campeonato de 2021 e abriu vantagem na liderança. Com 94 pontos, o britânico soma 14 a mais que o vice-líder, Verstappen. Bottas, por sua vez, é o terceiro colocado com 47 tentos.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar