Chefe vê dificuldades da Mercedes com curvas de Mônaco e prevê fim de semana duro: “É muito difícil mudar o DNA”

Classificando a pista de Mônaco como uma das que a Mercedes possui um desempenho ruim, Toto Wolff se mostra preocupado em como o carro vai se comportar e admite que os últimos bólidos não eram muito fãs das curvas de Monte Carlo

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

O GP de Mônaco já está perturbando a Mercedes. Chefe do time, Toto Wolff admitiu que está muito preocupado com a performance nas ruas de Monte Carlo e afirmou que os carros da escuderia nunca “gostaram muito das curvas de Mônaco”.
 
Mesmo vindo de duas vitórias seguidas, o chefe da equipe de Brackley não se mostra completamente confiante para o fim de semana. No ano passado, o melhor resultado foi conquistado por Valtteri Bottas, que ficou em quarto, com Lewis Hamilton apenas em sétimo. 
 
“Vimos nos últimos anos que sempre houveram pistas em que nos adequavamos bem, e algumas onde não éramos perfeitos, por qualquer motivo. É muito difícil desfazer o DNA de um carro, e Mônaco, Budapeste, Cingapura, todas foram pistas em que tivemos um desempenho ruim – muito ruim – no ano passado”, afirmou Toto.
 
"É um grande desafio para nós voltarmos este ano, domar a 'diva' – não é uma diva este ano, na verdade, ela está se comportando melhor. É difícil. Por que nosso carro não gosta de ser rápido nas curvas de Mônaco, ainda não descobrimos”, completou.
Mercedes vem de dobradinha no GP da Espanha (Foto: Beto Issa)
Ambos os pilotos da esquadra reforçam o ponto de vista do chefe e também demonstram certa preocupação a respeito do ritmo da Mercedes para as ruas monegascas. De olho na performance da Red Bull no GP da Espanha, Hamilton prevê que os taurinos possam estar fortes e que isso dificulte na batalha direta.
 
“Mônaco será um desafio sério. Se você olhar para Daniel Ricciardo [na Espanha], ele foi muito mais rápido no último setor, e o último setor é todo downforce, então eles serão rápidos em Mônaco e muito difíceis de bater”, desabafou Hamilton.
 
“Montreal também, onde é muito, muito difícil colocar temperatura nos pneus, serão necessárias várias voltas para colocar temperatura nos pneus lá”, previu. “Então são coisas diferentes que estão vindo. Não acho que será claro como foi [na Espanha] em cada uma das corridas”, continuou.
 
Bottas segue a opinião de Hamilton e também acha que a Red Bull estará em boa forma no próximo domingo (27), mas acredita que a pista é quem vai mostrar se a história vai ser assim.
 
“Eu acho que a Red Bull vai ser forte, a Ferrari estava na pole no ano passado, então não será um final de semana fácil. Mas, se continuarmos pressionando e aprendendo como estamos em toda a temporada até agora, esperamos ter um bom final de semana e um bom carro para a classificação, porque isso será realmente importante", encerrou Bottas. 
 
A NOVA ESTRELA DA FÓRMULA E

DECISÃO DE MASSA PELA FE É OUSADA, CORAJOSA E MUITO SEGURA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar