Chefe vê Ferrari mais motivada com crescimento e aproximação da Red Bull

Mattia Binotto crê que desempenhos da Red Bull na Áustria e na Inglaterra estão tornando a competição com a Ferrari mais equilibrada. Chefe vê o crescimento dos taurinos como motivação para evolução do time italiano para a segunda metade da temporada

A Ferrari mantém o segundo lugar no Mundial de Construtores da Fórmula 1, mas a Red Bull vem melhorando o desempenho recentemente e se torna uma ameaça em relação à performance, o que preocupa e motiva o chefe de equipe Mattia Binotto.
 
Com a vitória de Max Verstappen na Áustria, Binotto admitiu que a Red Bull vem se aproximando bastante da Ferrari nas últimas corridas, e que os carros das duas equipes estão em níveis parecidos.
 
"Eles certamente melhoraram, e se olharmos as últimas duas corridas, venceram na Áustria e foram muito competitivos em Silverstone. Acho que nossos pacotes são bem equilibrados e as últimas duas corridas mostraram isso”, comentou em entrevista ao site 'Racer.com'.
Max Verstappen e Charles Leclerc (Foto: AFP)
Binotto também lamentou o fato da Ferrari não ter brigado pela vitória em Silverstone. Charles Leclerc ficou com o terceiro lugar, enquanto Sebastian Vettel completou apenas em 17º, depois de se envolver em acidente com Verstappen na reta final da corrida.
 
"Eles estão em segundo? Nós estamos em segundo? Acho que é muito apertado. Penso que está dando mais motivação para melhorar, precisamos nos tornar capazes de brigar pela primeira posição em todas as corridas e em todos os circuitos. Não foi o caso na Inglaterra e não tenho dúvidas de que foi decepcionante", concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube