Chefe da Williams diz que Albon e Latifi terão “chances iguais” de liderar equipe em 2022

Jost Capito, chefe da Williams, mostrou-se esperançoso com a parceria entre Alex Albon e Nicholas Latifi em 2022, e reiterou: eles terão chances de liderar a equipe na temporada que vem

AS CINCO MELHORES VOLTAS DA F1 2021 QUE NÃO EXISTIRAM POR CULPA DE MICHAEL MASI

Ainda que a Williams espere que Alex Albon, substituto de George Russell para a temporada de 2022, ocupe a posição de líder no time de Grove no ano que vem, ele e Nicholas Latifi terão chances e tratamento iguais para tomar a liderança. Quem diz isso é Jost Capito, chefe da equipe.

“Claro, é bom para ambos”, disse Capito, em entrevista ao site Motosport.com. “Acho que para Alex, é ótimo ter esta segunda chance de voltar e liderar a equipe para seguir em frente”, acrescentou.

“Ele não vai chegar e dizer: ‘Ok, quero ganhar corridas.’ É claro que ele tem que desenvolver a equipe junto com Nicholas e nós e todos os engenheiros e todos em Grove. E ele parece gostar desse papel. Ele trabalha muito bem com Nicky. Não temos um número um e um número dois, ambos serão tratados exatamente da mesma forma”, seguiu.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Nicholas Latifi vai para seu terceiro ano de Williams (Foto: Williams)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Ainda que não tenha tido tantos momentos de destaque na temporada de 2021 — embora seus primeiros pontos pela Williams tenham sido neste ano, nos GPs da Bélgica e Hungria —, Capito acredita que Latifi apresentou um progresso interessante, que pode ser útil para o desenvolvimento da equipe em 2022.

“O Nicholas fez um bom trabalho este ano, quando se olha para todos os resultados das classificações, alguns não mostram que ele estava em uma posição que poderia ter superado George, e em situações em que ele não estava na frente. E quando você vê a distância entre os dois, nunca foi realmente grande. Claro, é um grande desafio ser companheiro de equipe de George. Mas ele foi muito bem e melhorou muito nesta temporada”, exaltou.

Além disso, o diretor alemão vê a relação de Latifi e Albon como um ponto muito positivo no ano que vem. Isso porque os pilotos se conhecem desde os tempos de Fórmula 2, quando competiram juntos pela DAMS.

“Alex e Nicky correram juntos como companheiros de equipe em 2018. Então, eles se conhecem e se respeitam muito. Já George e Alex são amigos pessoais. Acho que Alex é a escolha perfeita para o time na situação em que o time está agora”, completou.

“Para Alex, acho que é uma ótima segunda chance. E tenho certeza de que ele se encaixa bem em nosso time. E vamos nos divertir muito com ele, e ele com a gente também”, concluiu.

ELLEN, MET GALA, LA CASA DE PAPEL: ROLÊS ALEATÓRIOS DE 2021

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar