F1

Com “bom carro” e estratégia, Vettel mantém foco na vitória e minimiza Mercedes: “Não me preocupo muito”

Sebastian Vettel surgiu como forte candidato à pole, mas não chegou a lugar nenhum – a Mercedes fez dobradinha, com Lewis Hamilton na frente. O alemão lamenta o resultado do sábado, mas mantém a confiança nas chances de vitória

Grande Prêmio / VITOR FAZIO, de Berlim
A classificação deste sábado (16) na Austrália não terminou de acordo com o planejado para Sebastian Vettel. O alemão não acompanhou o forte ritmo da Mercedes e conseguiu o terceiro lugar no grid, 0s704 mais lento do que o pole Lewis Hamilton. É o suficiente para lamentar, mas não a ponto de dar tudo por perdido: o alemão ainda vê a vitória no Albert Park como possível.
 
“Essa pista é muito específica, então não me preocupo muito. Mesmo assim, é óbvio que eu gostaria que a situação fosse oposta”, disse Vettel, logo após a classificação.
Sebastian Vettel não conseguiu nem a primeira fila na Austrália (Foto: AFP)
“Eu acho que podemos [vencer], claro. Você nunca sabe o que vai acontecer. A corrida acabar na bandeira quadriculada. Nós temos um bom carro, uma boa estratégia e estamos aqui para correr. Veremos amanhã”, continuou.
 
A expectativa era de Mercedes e Ferrari com rendimentos próximos, consequência das boas atuações das duas na pré-temporada em Barcelona. Quando a hora da verdade chegou em Albert Park, a história mudou radicalmente: a briga pela pole virou exclusividade de Hamilton e Valtteri Bottas, derrotado por 0s1. Vettel ainda segurou a segunda fila, dividida com Max Verstappen. Charles Leclerc não encantou no Q3 e larga apenas em quinto.
 
O GP da Austrália tem largada marcada para 2h10 deste domingo. A corrida representa o começo da temporada 2019 da F1.