Com carro antigo, Grosjean fala em “sensação muito boa” na Alemanha

Como explicar a grande performance de Romain Grosjean depois de a Haas reverter a configuração do seu carro ao que foi usado na primeira corrida da temporada? A própria equipe tenta buscar respostas

A oscilante e imprevisível Haas surpreendeu mais uma vez. Desta vez, de forma positiva. Romain Grosjean vem usando desde o último GP da Inglaterra uma versão do carro revertida ao que foi utilizado na Austrália, palco da primeira corrida da temporada. Em Silverstone, o franco-suíço largou em 14º, duas posições à frente do companheiro Kevin Magnussen, mas os dois se chocaram ainda no início da prova e abandonaram. Desta vez, em Hockenheim, Grosjean teve uma performance bem melhor.
 
Com a baixa dos carros da Ferrari ao longo da sessão classificatória deste sábado (27) na Alemanha, Grosjean conquistou sua melhor posição de largada no ano e vai partir da sexta colocação. Magnussen, que conta com a configuração atual do VF-19, larga apenas em 12º.

Romain Grosjean conseguiu seu melhor grid do ano. E com carro antigo (Foto: Haas)

A surpreendente melhora deixa o próprio dono do carro #8 sem respostas. Mas Grosjean, obviamente, gostou do que viu até agora no fim de semana.

 
“Uma vez que nós revertemos [o carro] em Silverstone, a sensação com ele é muito boa. Há limitações com o chassi, mas está funcionando muito bem e precisamos analisar isso”, declarou o piloto pouco depois da sessão classificatória.
 
Romain comparou a sua performance com a de Magnussen e entende que o dinamarquês foi melhor com a pista mais fria, como aconteceu no terceiro treino livre. Mas com o clima um pouco mais quente, o carro antigo se mostrou mais rápido que a versão atual do VF-19.
 
“Kevin foi bem rápido no terceiro treino com a pista mais fria, ele foi muito rápido com um carro novo, então há alguma coisa diferente entre os dois que torna um melhor que o outro de alguma forma”, complementou.
 
Com o bom grid neste domingo em Hockenheim, Grosjean tem a chance de melhorar sua classificação no campeonato. O experiente piloto somou apenas dois pontos e está em 17º no Mundial, enquanto Magnussen tem um total de 14 tentos após dez corridas já disputadas em 2019.
 
A largada do GP da Alemanha está marcada para 10h10 (horário de Brasília) deste domingo. O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e em TEMPO REAL. Siga tudo aqui.

Paddockast #26
Acidentes que alteraram carreiras

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube