F1

Com “pensamento de longo prazo”, chefe da Ferrari fala em reorganização e elimina “clássica estrutura horizontal”

Chefe da Ferrari, Mattia Binotto afirmo que a escuderia italiana vem reorganizando seu departamento técnico desde janeiro. Dirigente explicou que o time de Sebastian Vettel e Charles Leclerc não conta mais com a “clássica estrutura horizontal” na Fórmula 1

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
Mattia Binotto afirmou que a Ferrari reestruturou seu departamento técnico nos últimos seis meses. De acordo com o chefe do time, a escuderia italiana eliminou a tradicional “clássica estrutura horizontal”.
 
Depois de uma boa pré-temporada, a Ferrari abriu o ano como favorita ao título, mas já levou um 6 a 0 da Mercedes e acumula um déficit de 118 pontos em relação à escuderia prateada na classificação do Mundial de Construtores
Mattia Binotto confirmou mudanças na estrutura da Ferrari (Foto: Ferrari)
Às vésperas do GP do Canadá, Binotto confirmou mudanças no departamento técnico da Ferrari e lembrou que será preciso modificar processos de produção também pela modificação no regulamento para 2021. O dirigente confirmou o fim da tradicional “estrutura horizontal”.
 
No modelo horizontal de gestão, os funcionários têm autonomia na tomada de decisões e se reportam a um único gerente, num modelo mais informal e comum em empresas menores. Na gestão vertical, são vários os níveis administrativos e hierárquicos. 
 
“Desde janeiro, nós nos reorganizamos. Não existe mais a famosa clássica estrutura horizontal”, disse Binotto em entrevista ao jornal italiano ‘La Gazzetta dello Sport’. “Nós identificamos quatro ou cinco quatro ou cinco figuras que se tornaram meus pontos de referência em várias áreas. Sou útil para filtrar informações e pensar em longo prazo”, apontou.
 
“2021 está logo ali com o novo regulamento, carros que serão radicalmente diferentes e com um teto orçamentário que vai nos forçar a rever certos processos de produção”, concluiu.
 
Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.