Com promessa de voltas 3s mais rápidas, Pirelli apresenta conjunto de pneus mais largos da F1 para 2017

A Pirelli apresentou oficialmente os pneus da F1 para 2017. Os compostos chamam atenção pelo tamanho – a largura é consideravelmente maior do que a vista em 2016. Com mais aderência, os tempos de volta devem ser 3s melhores

Os novos pneus da F1 foram oficialmente apresentados nesta quinta-feira (24). Às vésperas do GP de Abu Dhabi, último do ano, a Pirelli revelou seu conjunto completo para 2017. Depois de quatro meses de testes, a fábrica italiana terminou o desenvolvimento de compostos que chamam atenção pelo tamanho – a largura é consideravelmente maior do que a vista em 2016.
 
Como consequência, a Pirelli acredita que os tempos de volta da F1 vão cair aproximadamente 3s em 2017. É um avanço importante para uma categoria que, após a introdução dos motores V6 Turbo, deixou seus carros bem mais lentos.
 
Apesar das expectativas, ainda é cedo para ter certeza sobre o ganho nos tempos de volta. As equipes envolvidas nos testes – Red Bull, Mercedes e Ferrari – precisaram adaptar os carros de 2015, com o objetivo de simular as mudanças aerodinâmicas de 2017. Apesar do esforço, a Pirelli acredita que não foi capaz de alcançar a performance esperada para a próxima temporada – ou seja, a margem de 3s pode aumentar ou diminuir.
Em Abu Dhabi, a Pirelli apresentou os pneus para a temporada 2017 da F1 (Foto: Pirelli)
“Eu gostaria de agradecer a todas as equipes que nos permitiram desenvolver nossos novos pneus mais largos para 2017, usando seus carros modificados”, disse Paul Hambery, diretor da Pirelli. “Conseguimos grandes avanços desde que experimentamos os novos pneus pela primeira vez, no início de agosto, e estamos satisfeitos com os resultados obtidos pela maioria das especificações”, continuou.
 
“Entretanto, sabemos que o trabalho está apenas começando. O progresso aerodinâmico obtido para os carros do ano que vem vai baixar os tempos de volta em cerca de cinco segundos na comparação com 2015, e cerca de três segundos comparado a este ano”, finalizou.
 
Os pneus dianteiros de 2017 vão ser 60 mm mais largos, passando dos 245 mm para 305 mm. Na traseira, mudanças ainda maiores: de 325 mm para 405 mm, um delta de 80 mm.
fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube