Com vagas abertas para 2021, Haas vê jovens da Academia da Ferrari como “melhor opção”

Equipe que corre com motores Ferrari, a Haas pode pegar algum piloto formado pela escuderia italiana para montar sua dupla na próxima temporada

A Haas é uma das equipes que agita o mercado de pilotos da Fórmula 1 para 2021, afinal, não tem ninguém de contrato assinado para a próxima temporada. Por isso, examina opções e, já que é parceira da Ferrari, não descarta abrir espaço para um dos jovens formados pelos italianos.

É o que apontou Günther Steiner, chefe da Haas, em entrevista ao jornal Ekstra Bladet, da Dinamarca – país de Kevin Magnussen, hoje titular da equipe. O outro, claro, é Romain Grosjean.

“Se quisermos trazer alguém novo, então o grupo de jovens da Academia da Ferrari, neste momento, é bastante bom. Há outros por aí, mas estão vinculados a outras marcas, então nosso interesse é menor”, comentou, lembrando que a Haas corre com motores Ferrari.

“As equipes de fábrica mantêm os pilotos realmente bons, porque investiram neles. Se quisermos um novato, a melhor opção é assinar com um jovem da Academia da Ferrari”, seguiu.

Günther Steiner (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)

Steiner já deixou claro que “tudo é possível” em termos de dupla de pilotos para a equipe: “Podemos manter nossos titulares, ter dois novatos, quem tiver interesse na vaga pode se candidatar”, afirmou ele em Spa-Francorchamps.

De qualquer forma, a presença da Haas é uma certeza: a equipe assinou o Pacto da Concórdia na última semana e garantiu que continua na F1 até 2025.

Na atualidade, estes são os pilotos na academia ferrarista: Giuliano Alesi, Marcus Armstrong, Callum Ilott, Robert Schwartzman, Mick Schumacher (estes, todos na F2), Enzo Fittipaldi (F3), Gianluca Petecof, Arthur Leclerc e Dino Beganovic.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube