Comissão de Pilotos pede à FIA maior clareza sobre definição dos limites de pista durante provas do Mundial de F1

A Comissão de Pilotos na FIA quer que o órgão máximo do automobilismo mundial seja mais claro em relação às regras sobre limites da pista na F1 - e que padronize estas regras para todas as categorias que sanciona

A Comissão dos Pilotos da FIA fez um pedido ao órgão máximo do automobilismo mundial após a última reunião da cúpula: que a FIA imponha regras mais rigorosas para o abuso dos limites das pistas nas categorias que sanciona -e não apenas a F1. 
 
Após os estouros de pneu de Nico Rosberg e Sebastian Vettel no GP da Bélgica, o assunto ganhou contornos mais importantes. Após isso, um plano foi desenvolvido por alguns dos maiores representantes da comissão, que incluem Emerson Fittipaldi, Emanuele Pirro, Karun Chandhok e Tom Kristensen.
 
Uma das soluções pensadas foi sobre o uso de melhores zebras, coisas que possam evitar que carros saiam da pista com tanta facilidade em casos fortuitos. No entanto, concluiu-se que algo assim deveria ser discutido também com os responsáveis pelos circuitos, já que envolve uma mudança considerável.
Escapou (Foto: Getty Images)
Dessa forma, algum dos representantes da Comissão dos Pilotos vai participar da próxima reunião da Comissão dos Circuitos para apresentar um projeto que funcione para todas as categorias do automobilismo e também do motociclismo.
 
Enquanto isso, o pedido é que pare de ser permitida a evasão dos limites da pista como acontece hoje em curvas e pedaços de certas pistas apenas porque os pilotos acabam não ganhando vantagem. Para a Comissão, uma regra universal deve ser aplicada para pistas e categorias para que os pilotos não possam abusar dos limites, com atitudes restritivas a quem fuja às margens.
 
Além disso, a Comissão se preocupa que as confusões quanto aos limites da pista na F1 estejam atrapalhando a aprendizagem dos jovens nas categorias-escola. Por isso a intenção de padronizar para fazer os mais jovens que chegam do kart compreender os limites de forma clara.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube