“Comprometido com F1”, Hülkenberg garante que não vai pular GP em Baku para defender vitória nas 24 Horas de Le Mans

Nico Hülkenberg não escondeu que ficou chateado com o conflito de datas que vai impedi-lo de defender a vitória nas 24 Horas de Le Mans em 2016. A corrida, marcada para 19 de junho, coincide com o GP da Europa em Baku, no Azerbaijão. O alemão disse que vai cumprir seu compromisso com a Force India

Um dos tópicos que mais chamou a atenção na divulgação do calendário oficial da F1 para a temporada 2016 foi o agendamento em sequência dos GPs do Canadá e da Europa, em Baku, no Azerbaijão. E, principalmente, porque a mais nova corrida no calendário do Mundial coincide diretamente com as 24 Horas de Le Mans, impedindo que Nico Hülkenberg defenda a épica vitória conquistada neste ano com a Porsche.

Além de Nico, outros pilotos já vinham flertando com o Mundial de Endurance, como o próprio Fernando Alonso, que interessou à Porsche, mas cujo nome foi vetado pela Honda.

Em entrevista coletiva nesta quinta-feira (8) em Sochi, quando questionado sobre o conflito de datas que o impedirá de correr em Sarthe em junho, Hülkenberg se mostrou chateado, mas deixou claro que não tem dúvidas sobre qual categoria priorizar em um caso como este. “Estou comprometido com a F1. Esse é meu trabalho principal, minha meta principal aqui”, declarou, reforçando que não disputará as 24 Horas de Le Mans em 2016 caso o conflito de datas persista.

Hülkenberg não curtiu muito a ideia de ficar de fora das 24 Horas de Le Mans em 2016 (Foto: Force India)

“Vamos ter de lidar com o que eles vão decidir e aceitar isso. Estou apreensivo”, disse, resignado. Questionado se a Porsche poderia esperar em caso de uma nova modificação no calendário, Nico foi direto. “Sim, mas obviamente existe uma certa data limite. Não sei qual é”.

“O calendário está lá, já saiu. Mas sabemos que muitas vezes o calendário sai e ele muda pouco depois. Acho que haverá um prazo para eles também, no qual eles têm de confirmar seus pilotos, mas acho que ainda haverá algum tempo até lá”, comentou, na esperança de que ainda possa haver uma possibilidade de correr em Le Mans.

Mesmo com um calendário dos mais apertados para 2016, Hülkenberg afirmou que não haveria o menor problema em cumprir com o cronograma em 2016 mesmo incluindo duas corridas pelo Mundial de Endurance, como fez neste ano. “Seria um ano muito corrido: 21 corridas, além de testes, além de duas corridas de endurance, é um grande desafio. Estava pensando em como isso seria possível, mas acho que faria isso de novo, com certeza”, finalizou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube