Confira declarações dos pilotos após sábado de treino livre para GP dos EUA, 16ª etapa do Mundial de F1

O sábado da F1 em Austin deveria ter a sessão classificatória, mas o que se viu foi uma série de adiamentos por causa da péssimas condições climáticas. A FIA optou por jogar a classificação para a manhã do domingo (25), horas antes do GP dos Estados Unidos

Você não precisa ser um grande fã de automobilismo para saber que os sábados de um fim de semana da F1 são reservados para a realização do treino classificatório. Todavia, o péssimo clima de Austin acabou por quebrar a lógica: depois de três horas de espera, a classificação para o GP dos Estados Unidos acabou adiada para o domingo (25), horas antes da largada para a corrida.

O terceiro treino livre, marcado para a manhã deste sábado (24), não teve melhor sorte. A chuva, ainda pior do que a vista na sexta-feira (23), minimizou o tempo de pista das equipes. O tempo mais rápido foi de Lewis Hamilton, um dos poucos capazes de fazer uma volta inteira em Austin sem cometer erros.

Lewis Hamilton durante o terceiro treino livre em Austin (Foto: Getty Images)

O clima horrível levantou a possibilidade de que, mesmo adiada para a amanhã, a classificação não acontecesse. Neste caso, a ordem seria definida pelos tempos do terceiro treino livre, permitindo algumas zebras — como Nico Hülkenberg largando na primeira fila, ao lado de Hamilton.

Apesar do começo difícil do GP, a expectativa é de melhora para as próximas horas. O Furacão Patrícia, que afeta a região, perdeu força e teve classificação rebaixada. Com isso, existe a esperança de ver a pista um pouco mais seca na hora da corrida.

Confira declarações dos pilotos após treino livre da F1 para GP dos EUA:

FERRARI


Sebastian Vettel, segundo: “Óbvio que é uma pena pelas pessoas daqui. Eles esperaram muito tempo na chuva, vieram para não ver nada. Espero que dê para entregar um bom show amanhã. A dificuldade vai ser administrar o dia inteiro, serão várias coisas para fazer, muitos encontros e assim em diante. Dá para contornar classificação e corrida em um só dia, como vimos alguns anos atrás no Japão. Tinha pouca coisa que dava para fazer em um dia desses, mas deu para andar um pouco pela manhã. Para amanhã, temos uma boa chance de andar bem e minimizar o prejuízo de perder dez posições. Parece que amanhã pode estar molhado pela manhã, mas seco durante a corrida”.
 
Kimi Räikkönen, sétimo: “É uma pena que esses dois dias tenham sido assim. Esta manhã, pelo menos, conseguimos fazer mais voltas cronometradas do que ontem, mas estamos todos aqui para pilotar e os espectadores ficaram sentados na chuva por cinco horas sem ver os carros. É uma pena, mas não podemos mudar o clima, não há nada para ser feito. Amanhã teremos classificação e corrida no mesmo dia, mas não penso que isso será difícil. Já fizemos isso antes, será apenas um dia mais cheio. O mais importante é que o clima esteja melhor e dê para fazer tudo, a corrida e o GP. Isso seria legal para todos”.
FORCE INDIA
 
Nico Hülkenberg, terceiro: “Foi um longo dia de espera para ver se o clima iria melhorar. Você sente pelos fãs e dar a eles o crédito por ficar até que a classificação fosse adiada. Eles sentaram na chuva, no vento e no frio, e era ótimo ver seus entusiasmo e paixão. Amanhã vai ser um dia cheio, mas eu já fiz classificação no domingo uns anos atrás. Ainda pode estar chovendo pela manhã, mas a gente pareceu competitivo com pneus de chuva, então me sinto pronto para o que quer o clima nos dê amanhã”.
 
Sérgio Pérez, 11º: “É uma pena que não tenha dado para fazer nenhuma volta nessa tarde, já que tínhamos muito fãs que apareceram apesar da chuva. Considerando as voltas limitadas, deu para acumular uma boa quantidade de dados no TL3 que podemos analisar, preparando para a classificação e a corrida. Já vimos no passado que finais de semana como esses podem gerar muitas surpresas, então precisamos estar prontos para aproveitar as oportunidades. Estou otimista de que podemos ter um bom dia amanhã”.
Sergio Pérez durante o aquático terceiro treino livre em Austin (Foto: Force India)
WILLIAMS

Valtteri Bottas, quarto: 

“Tivemos uma boa sessão pela manhã. Aprendemos muito e melhoramos a performance sob chuva de ontem, os pneus começaram a funcionar razoavelmente bem. Terminar em quarto foi muito melhor do que esperávamos da chuva. Precisamos estar prontos para amanhã, será um dia cheio, mas espero conseguir me classificar bem”.
TORO ROSSO
 
Carlos Sainz Jr., quinto: “Que dia chuvoso. Só conseguimos ir à pista pela manhã e andar com pneus de chuva extrema. Apesar de estar muito difícil para andar, conseguimos completar algumas voltas e confirmar a boa sensação que tive ontem na chuva. Consequentemente, temos pontos positivos para extrair do TL3, já que sabemos que estamos competitivos na chuva, mas tudo pode mudar amanhã. Pode estar chovendo outra vez na classificação, mas secar para a corrida”.
 
“Vai ser um desafio para mim e para a equipe, com a classificação e a corrida no mesmo dia, mas tenho certeza de que vamos administrar isso bem, estou animado para isso”.
 
Max Verstappen, 20º: “Hoje foi um dia estranho, houve muita espera por causa da chuva. No TL3 eu não consegui muito tempo de pista. Saí, dei duas voltas, estava me aquecendo, mas aí tivemos um problema no motor, então precisei ir aos boxes, e isso me custou muito tempo de pista. Quando saímos novamente estava chovendo tão forte que nem dava para acelerar muito, então é uma pena que não tenha dado para se preparar para a classificação”.
 
"É uma pena que os fãs tenham vindo até aqui para ver a sessão ser adiada, mas tentamos os entreter no pit-lane, colocando nossos pais nos carros, fazendo boliche com Red Bull e pescando. O momento mais engraçado foi quando meu pai disse que ia entrar no carro, mas que não sairia dele. Tomara que a gente consiga dar aos fãs um bom dia de ação amanhã, estou pronto para isso".
Teve classificação em Austin? Não. Teve dança? Sim! (Foto: Red Bull/Getty Images)
RED BULL
 
Daniil Kvyat, sexto: “Não deu para fazer nada quanto ao clima de hoje, só podíamos ser pacientes e nos manter prontos. Tentamos fazer de tudo para entreter os fãs, foi incrível que eles tenham ficado na chuva para nos apoiar. Espero que todos tenham gostado da nossa dança. Estávamos improvisando, no ritmo, os fãs estavam lá e pensamos em fazer algo. Mas acho que estamos longe de ser chamados para o ‘Dancing with the Stars’. Quem veio hoje não pôde ver muita ação, então espero poder conseguir alguma amanhã".
 
Daniel Ricciardo, oitavo: “Um grande parabéns para os fãs que ficaram aqui o dia todo. Eles mostraram muito espírito e entusiasmo, acho que encorajaram todos nos boxes a se divertir e fazer coisas bobas. Então, eu e Daniil decidimos tirar nossos sapatos de dança do armário – espero que tenha dado para fazer o público rir. Tiro o chapéu para eles, foi um grande esforço. Espero que dê para fazer um grande show para os fãs amanhã".

LOTUS
 
Romain Grosjean, 12º: “Muitos anos atrás, quando era piloto de desenvolvimento da Renault, eu gostava de usar o surfe como parte do treino. Isso teria sido bem útil se tentássemos se classificar hoje. O clima parecia extremo e eu realmente lamento por todos os fãs que se desafiaram para nos assistir. Espero poder apresentar um fantástico show para todo mundo amanhã”.
 
Pastor Maldonado, 13º: “Não há nada que possa ser feito quanto ao clima, e foi um dia bem longo, esperando por melhoras na pista. Conseguimos algumas voltas pela manhã, estava bem escorregadio na pista. Definitivamente penso que não correr foi a decisão correta, mas eu lamento que todos na pista tenham desperdiçado um dia”.

MANOR MARUSSIA
 
Will Stevens, 17º: "Apesar das condições da pita, o TL3 acabou sendo bem divertido. Mas não mudou nada em termos de acerto. A pista qui é bem boa de drenagem, mas a chuva foi absurda. Amanhã será um grande dia, espero ter uma disputa boa com Alex".
 
Alexander Rossi, 18º: "As condições da pista hoje foram terríveis. Eu sinto muito pelo público que ficou aqui até o fim, eles mereciam ver ação na pista. Eles foram heroicos ficando até o final com essa chuva absurda. Muito legal que puderam vir aos boxes depois. Agora a preparação para amanhã tem de ser ainda mais dura. Tudo vai começar umas 6h da manhã para o time, vai ser correria. Estou ansioso".

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube