Ricciardo se frustra com motor no GP da Estíria: “Um dos dias em que eu não amei a F1”

Daniel Ricciardo estava destinado a pontuar bem no Red Bull Ring, isso até o motor Mercedes perder potência momentaneamente. O piloto da McLaren fica de coração partido

Verstappen domina e vence na casa da Red Bull: os melhores momentos do GP da Estíria (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Daniel Ricciardo parecia capaz de dar a volta por cima no GP da Estíria. Depois de uma classificação ruim, o australiano largou bem e se colocou em condição de pontuar bem. Isso até um problema no motor virtualmente acabar com as chances de pontuar, acabando momentaneamente com o amor de Daniel pela Fórmula 1.

Ricciardo estava em nono quando, na sexta volta, sentiu sua McLaren perder potência. O motor Mercedes voltou a funcionar normalmente depois, mas não sem antes fazer o australiano perder quatro posições numa tacada só. Após 71 giros, Daniel cruzou a linha de chegada em 13°.

“Foi de partir o coração porque eu tive uma largada ótima e eu estava na melhor estratégia, com os médios”, lamentou Ricciardo. “Parecia que os carros adiante iam sofrer com os macios e estávamos em uma posição muito boa, subindo de 13° para nono. Estávamos olhando pra frente, e aí perdi a potência. Eu senti isso na saída da curva 1, mas mexi em alguns botões e consegui recuperar na curva 7 ou 8. Só que todo mundo que eu passei na primeira volta me passou de novo. Ficando preso nesse trem, sua corrida acaba”, destacou.

DANIEL RICCIARDO; MCLAREN; GP DA ESTÍRIA; SEXTA-FEIRA
Daniel Ricciardo não pontuou (Foto: McLaren)

“Nós estávamos à frente do Sainz e na mesma estratégia. Ele terminou em sexto e poderia ter sido a gente. Dava para terminar com a equipe em quinto e sexto. Quando esse esporte te deixa para baixo, ele te deixa muito para baixo. Foi um desses dias em que eu não amei isso aqui [Fórmula 1]. Foi algo que veio do nada e eu não sei o que aconteceu. Sei que não sou o único sofrendo agora, sei que eles [McLaren] estão sofrendo também. O fim de semana foi de mal a pior”, encerrou.

Ricciardo até pontua bem em 2021, somando 34 tentos, mas perde feio na briga interna da McLaren. O companheiro Lando Norris faz trabalho consideravelmente melhor, já somando 86. Além disso, o jovem piloto já soma dois pódios, além do quinto lugar alcançado no fim de semana.

A nova chance de redenção de Ricciardo vem ainda no Red Bull Ring. A F1 segue na pista para o GP da Áustria do próximo fim de semana, completando rodada dupla.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar