Ricciardo revela que aguentou “zombaria”, mas mantém “respeito” por consultor da Red Bull

Daniel Ricciardo sofreu um bocado nas mãos de Helmut Marko enquanto esteve na Red Bull, mas garantiu que mantém o respeito e a admiração pelo consultor da base em Milton Keynes. "É um relacionamento muito honesto"

Helmut Marko é conhecido por ser bastante linha dura tanto com os pilotos na Red Bull quanto com os da AlphaTauri — antiga Toro Rosso —, e Daniel Ricciardo não fugiu à regra. O australiano relembrou os anos que passou sob o comando do austríaco e admitiu que teve de aguentar “muita zombaria” ao longo das temporadas em que defendeu a base em Milton Keynes.

Hoje correndo pela McLaren, Ricciardo construiu seu nome na Fórmula 1 nos anos em que defendeu a Red Bull, de 2014 a 2017. Em quatro temporadas, foram cinco vitórias e dois terceiros lugares no Mundial de Pilotos, mas a ascensão de Max Verstappen fez o australiano renegar o papel de escudeiro e buscar outras oportunidades, primeiro com a Renault e, agora, com o time de Woking.

Relacionadas


▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Daniel Ricciardo hoje vive às voltas com as especulações sobre seu futuro na F1 (Foto: McLaren)

A decisão de deixar o time da marca dos energéticos, inclusive, foi muito criticada por Christian Horner, que chegou a dizer que não entendia o fato de Ricciardo ter recusado o que chamou de “oferta estratosférica”. Durante o fim de semana da F1 na Áustria, o australiano também foi questionado sobre o posicionamento de Marko quanto ao assunto e disparou. “Helmut zombou muito de mim ao longo dos anos, então não precisei repensar. Depois que eu saí, não havia mais necessidade disso!”

“Obviamente, tenho menos interações com Helmut hoje, mas diria que o relacionamento ainda é o mesmo. É muito honesto, muito Helmut”, acrescentou, garantindo, no entanto, que ainda nutre muita admiração pelo consultor dos taurinos. “Minha admiração e respeito pela pessoa permanecem inalterados. Ele é um cara bom”, completou.

Em meio às inúmeras especulações sobre seu futuro na McLaren em 2023, Ricciardo garantiu que não se arrepende de ter saído da equipe austríaca. “Nada de ‘eu avisei’. Isso faz parte do esporte. E vamos seguir em frente”, salientou.

Marko falou recentemente sobre Ricciardo, lembrando que, em 2014, ele dividiu os boxes com Sebastian Vettel já tetracampeão e venceu três corridas, enquanto o alemão amargou uma temporada sem subir ao degrau mais alto do pódio. “Quando Max [Verstappen] entrou em cena, ele estava em um ponto crítico na carreira. Em vez de assumir a luta, quis manter distância.”

“Você sabe o que aconteceu em seguida. Isso é ruim. Trabalhar com ele sempre foi bom. Sua velocidade final é comparável à de Max, mas falta a consistência final”, comparou Marko em entrevista ao Red Bulletin.

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.