Depois de chuva, Barcelona tem sexta-feira de céu nublado e clima seco

A chuva de quinta-feira não vai se repetir na sexta-feira em Montmeló. Em contrapartida, calor intenso ameaça deixar a Fórmula 1 em novos apuros com o desgaste de pneus

Depois de um dia com chuva inesperada em Barcelona, a sexta-feira (14) reserva história diferente para as primeiras atividades de pista do GP da Espanha de Fórmula 1. Em que pese o céu ainda parcialmente nublado, a expectativa é de que os dois primeiros treinos livres aconteçam com asfalto completamente seco.

As informações são do Weather Channel, que crava no máximo 5% de chances de chuva no começo da tarde. No resto do dia, o risco inexiste. O céu, entretanto, só deve começar a abrir no pôr do sol, por volta das 19h locais.

Depois de chuva, Barcelona tem sexta-feira de céu nublado e clima seco (Foto: Reprodução/Twitter)

Mesmo sem sol forte na pista, o calor segue sendo um problema. A temperatura já é de 27°C às 9h locais, chegando aos 30°C no começo da tarde. Como Barcelona já é uma pista que tende a causar alto desgaste de pneus, a F1 volta a flertar com os problemas que marcaram as duas corridas em Silverstone.

O panorama tende a se repetir nos próximos dois dias, que também reservam previsões de pista seca e temperaturas altas. Ou seja, a chuva só deu as caras na quinta-feira, justamente quando não há carros na pista.

Lewis Hamilton chega a Bercelona tentando proteger a liderança no Mundial de Pilotos. O piloto soma 107 pontos contra os 77 do novo vice-líder, Max Verstappen. Valtteri Bottas, terceiro colocado, acumula 73.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube