Depois de segurar por duas corridas, Red Bull estreia motor atualizado da Renault no GP do Brasil

A Renault atualizou seu motor de forma pesada, usando 11 das 12 fichas de desenvolvimento disponíveis para a temporada antes do GP dos Estados Unidos. Por motivos distintos, no entanto, não usou a atualização em Austin ou no México, mas vai fazer uso no fim de semana de Interlagos

Depois das partes acharem melhor que a Red Bull não usasse nos Estados Unidos o motor cheio de atualizações da Renault, agora ficou acertado de que o time dos energéticos irá utilizar as novidades no GP do Brasil do próximo dia 15 de novembro.
 
Antes de ir a Austin, a Renault usou 11 das 12 fichas de desenvolvimento possíveis para a temporada, mas a equipe rubro-taurina considerou que o ganho extra, que acredita-se ser em torno de 0s2 por volta, não valeria punições de dez posições nos Estados Unidos. 
 
Na semana seguinte, no México, as exigências específicas de uma corrida em alta altitude também fizeram com que a equipe preferisse segurar as inovações.
Está feliz, Daniel Ricciardo? (Foto: Red Bull)
Como ambas acordaram ainda pré-GP norte-americano, o novo propulsor francês estreia no Brasil. Ainda não se sabe, no entanto, em qual situação – se Daniel Ricciardo e Daniil Kvyat usarão, ou apenas um dos dois. Apenas na semana que vem, após análise do ciclo de vida das atuais unidades de força, a Red Bull tomará uma decisão final.
 
O que se sabe com certeza, no entanto, é que Max Verstappen e Carlos Sainz Jr não verão estas novas unidades em seus carros em 2015 – e provavelmente nunca.

É muito provável que seja a última vez que a Red Bull vai estrear um motor Renault de fábrica, já que o relacionamento entre as duas está em frangalhos e o acordo para o ano que vem foi desfeito. O que pode acontecer, no entanto, é a equipe tetracampeã de Construtores entre 2010 e 2013 utilizar motores da Renault, mas preparados por outras empresas.

 
O GP do Brasil acontece na semana que vem, e o GRANDE PRÊMIO acompanha as movimentações durante toda a semana com uma supercobertura.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube