Diretor da F1 exalta marca inimaginável e espera que Hamilton chegue a 120 vitórias

Ross Brawn foi uma testemunha muito próxima do momento em que Michael Schumacher chegou a 91 vitórias na F1 e pensou que ninguém jamais chegaria perto do recorde do alemão. Isso até Lewis Hamilton elevar o sarrafo e fazer história novamente ao alcançar a marca centenária

Felipe Drugovich bateu muito forte ainda na volta de alinhamento para o grid da Fórmula 2 na Rússia (Vídeo: Reprodução)

Ross Brawn, diretor-esportivo da Fórmula 1, aplaudiu mais uma marca histórica alcançada por Lewis Hamilton. No último domingo (26), o heptacampeão mundial chegou a um número que poucos imaginariam ser possível um dia ao conquistar a centésima vitória da carreira na categoria. “Um marco que ninguém pensou que alguém um dia alcançaria”, escreveu o dirigente em sua coluna no site oficial da F1.

Brawn trabalhou com Hamilton por um breve período na Mercedes e viu o início da trajetória do britânico na equipe de Brackley, em 2013. O engenheiro acompanhou bem de perto a trajetória vitoriosa de Michael Schumacher e lembrou que, naquela época, nunca poderia sonhar que um dia alguém superaria um recorde tão emblemático que pertenceu ao alemão até o ano passado.

LEIA TAMBÉM
+De Montreal a Sóchi: Hamilton escreve página inédita com 100ª vitória na Fórmula 1
+Hamilton descreve marca singular de 100 vitórias na Fórmula 1 como “momento mágico”
+As dez mais memoráveis dentre as 100 vitórias da carreira de Hamilton na Fórmula 1

Lewis Hamilton alcançou uma conquista histórica na Fórmula 1 no último domingo (Foto: Yuri Kochetkov/AFP)

“A contagem de 91 do Michael já estava tão à frente do que qualquer outro jamais havia feito naquele ponto que nunca pareceu concebível que alguém chegasse perto dela. Mas então Lewis venceu e agora tem 100 vitórias. Não há nada que o impeça”, destacou.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Hamilton é o único piloto da história da Fórmula 1 a vencer pelo menos uma corrida em cada uma das temporadas que disputou no Mundial. Dentre os outros recordes de Lewis relacionados a vitórias está o de 28 triunfos em GPs diferentes, 29 vitórias em circuitos diferentes e também o de oito conquistas em um mesmo GP (na Hungria e na Inglaterra), empatado com Schumacher, com 8 vitórias no GP da França.

A grande questão para o futuro próximo é: Hamilton vai encerrar sua carreira com quantas vitórias na Fórmula 1? O heptacampeão fechou novo contrato com a Mercedes e vai seguir pelo menos até 2023 no grid.

“Onde isso vai parar?”, indagou Brawn. “Ele estará conosco por mais alguns anos, pelo menos, e vai vencer corridas todos os anos. Não acho que poderíamos prever 200 vitórias, mas certamente poderíamos prever mais 20, já que ele ainda é extremamente competitivo e motivado”, comentou.

“É incrível e parabéns a ele, já que uma contagem centenária é algo que ninguém jamais pensou que seria alcançada”, concluiu Ross Brawn.

HAMILTON VENCE, MAS MERCEDES SENTE REAÇÃO DE VERSTAPPEN NA F1 2021 | Paddock GP #258

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar