F1

Diretor da McLaren cobra “clareza do que teremos” nas regras da F1 para moldar estrutura de 2021

Diretor-geral da McLaren, Andreas Seidl falou sobre a importância da aprovação do novo regulamento para a Fórmula 1 em 2021. Para ele, é importante ter as mudanças em tempo para preparar a adaptação do time em relação ao futuro

Grande Prêmio / Redação GP, de Campinas
O novo regulamento da Fórmula 1 para a temporada 2021 ainda não foi aprovado, e a indefinição traz discussões se grandes times contra Ferrari e Mercedes ganham vantagem na hora de se preparar para as mudanças. Na opinião de Andreas Seidl, diretor-geral da McLaren, o importante é a aprovação rápida para moldar a equipe para o futuro.
 
"Se você vai competir contra os melhores como Mercedes ou Ferrari, não importa onde eles começam ou onde nós começamos. Estamos felizes com o resultado. O mais importante é clareza do que teremos, para podermos pensar em como isso afeta a estrutura do time, e posso começar a pensar em como a equipe deve ser moldada", declarou em entrevista à revista inglesa ‘Autosport’.
Carlos Sainz (Foto: McLaren)
Paddockast #20
Punições tardias, circuitos chatos... O que tem de acabar no esporte a motor?


A expectativa era que o novo regulamento pudesse ser aprovado em julho, mas indefinições entre as equipes podem adiar a decisão para outubro. Seidl, no entanto, minimizou o prazo.
 
"Mas estou feliz. Se o regulamento vier agora ou depois, não muda nada. No final, é como se em cada ano, você tivesse que pensar em quanto tempo vai desenvolver o carro atual. Quando você inicia o carro do ano que vem, começa com o conceito do carro do próximo ano. Então, não é nada novo", citou.
 
Para finalizar, o diretor também depositou confiança em Ross Brawn e todos que estão trabalhando para viabilizar as mudanças para 2021, que incluem mais ultrapassagens e um possível teto orçamentário.
 
"O importante para nós é ter as regras, e aí saberemos o que fazer e como moldar o time para o futuro por conta das mudanças de regulamento. É o principal tópico para nós", comentou. "Temos caras experientes trabalhando com a FOM, FIA, Ross Brawn e todos esses caras. Temos confiança que no futuro, eles saberão o que é importante para 2021 e o que estamos esperando agora", concluiu.
 

 
Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.