Diretor diz que estrutura tradicional da Williams “não funciona” e exalta mudanças

Jost Capito, chefe da Williams, revelou que promoveu mudanças estruturais. O dirigente diz que se inspira no passado para trazer os dias dourados de volta

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
Documentário conta com o apoio da família de Michael Schumacher (Vídeo: Netflix)

Desde que assumiu a direção da Williams no começo de 2021, Jost Capito carrega o árduo trabalho de capitanear o renascimento da equipe de Grove. Um avanço gradual já é notado, e parte do sucesso é creditado pelo alemão às mudanças estruturais implementadas na equipe.

Com o intuito de modernizar a forma de trabalho da Williams, o diretor-executivo logo aproximou os núcleos de trabalho, criando um setor para supervisionar os departamentos e melhorar o desenvolvimento do FW43B. Após somar dez pontos no GP da Hungria, o trabalho começa a dar indícios de sucesso.

“Estou maravilhado com o quanto você consegue evoluir e conseguir bons resultados sem necessariamente fazer alguma coisa no carro. Apenas melhorando a comunicação, trabalhando na estratégia, criando novas prioridades e abordando os pilotos de uma forma diferente. A equipe de desenvolvimento e a equipe de corrida eram, basicamente, duas empresas distintas. Isso não funciona no automobilismo. Se a equipe de corrida não confia na equipe de desenvolvimento ou vice-versa, fica difícil acertar um carro para a corrida”, disse Capito em entrevista ao canal de TV alemão Sport1.

JOST CAPITO; WILLIAMS; FÓRMULA 1; F1 2021;
Jost Capito é o novo homem-forte da Williams (Foto: Williams)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Mudamos isso tendo um gerenciamento técnico entre elas, ao qual ambas devem se reportar. Então você tem que desenvolver o carro rapidamente com uma equipe que funcione bem, fazendo isso melhor do que os outros para chegar no objetivo”, afirmou.

Com a missão de deixar a rabeira do grid e trazer os dias dourados da Williams de volta o ex-diretor da Volkswagen revelou que frequentemente visita o museu da equipe. Além disso, Capito revelou que usa a rica história do time, que já conquistou nove Mundiais de Construtores e sete Mundiais de Pilotos, como um espelho para realizar um grande trabalho.

“Você é confrontado com isso, com certeza, todo santo dia. Fico boquiaberto quando visito o museu e vejo os carros de Nigel Mansell, Alain Prost e de Ayrton Senna. Quero colocar a equipe neste patamar de novo. Se eu conseguir contribuir com isso, será uma grande honra”, finalizou Capito.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar