Russell diz que Williams está na F1 “para valer” e projeta mais evolução no futuro

George Russell representa uma Williams que volta a dar sinais de competitividade na F1. Aos olhos do britânico, a escuderia já não está no grid “para ficar de brincadeira”

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTubeGP | GP2

A Williams apenas fez número na Fórmula 1 em anos recentes. De 2018 para cá, a escuderia mal pontuou, precisando de ocasiões especiais para superar a clara falta de velocidade. Eis que 2021 traz sinais de evolução, com o carro britânico andando bem e a sensação de que a escuderia voltou a competir “para valer”.

Quem faz este diagnóstico é George Russell, já em seu terceiro ano na Williams. O piloto sente que o trabalho feito nos bastidores em Grove finalmente começa a surtir efeito, com uma evolução que não deve parar tão cedo.

“A equipe está aqui para valer, não está aqui para ficar de brincadeira”, disse Russell, entrevistado pelo site GPFans. “Eles estão aqui para levar esse carro adiante, para ajudar essa equipe a crescer no grid. Eles fizeram tudo que foi necessário para isso, e agora acho que isso está claro”, seguiu.

GEORGE RUSSELL; WILLIAMS; GP DA INGLATERRA; CLASSIFICAÇÃO; WILLIAMS;
George Russell pontuou no GP da Hungria (Foto: Williams)

“Tudo que foi feito nos bastidores, melhorar os procedimentos, os equipamentos, a infraestrutura, o espírito de equipe, tudo… É isso que levou a essa performance melhor. O espírito na equipe é ótimo agora. A equipe está realmente melhorando e, independente de renovar meu contrato aqui ou não, as pessoas percebem isso”, destacou.

Russell terminou o GP da Hungria em oitavo e, junto de Nicholas Latifi em sétimo, ajudou a Williams a acumular 10 pontos numa tacada só. A escuderia fica em posição confortável para terminar o Mundial em oitavo, evitando a lanterna pelo quarto ano seguido. Alfa Romeo, com 3 tentos, e Haas, zerada, são as rivais diretas.

Russell vive aqueles que podem ser seus últimos dias como piloto da Williams. O britânico é altamente cotado para substituir Valtteri Bottas na Mercedes. A novela se arrasta, com a escuderia alemã postergando uma decisão final.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar