Diretor diz que falta apenas “1% de desempenho extra” para Williams entrar na briga por vitórias na F1

Pat Symonds, o diretor-técnico da Williams, acha que a equipe está perto de entrar na luta por vitórias na F1. Para o engenheiro, a equipe inglesa precisa de apenas 1% de desempenho extra para voltar a vencer no Mundial. Atualmente, o time é o terceiro entre os Construtores

A Williams precisa de apenas um "1% de desempenho extra" para enfim entrar na luta por vitórias na F1 em 2015. A opinião é de Pat Symonds, o diretor-técnico da equipe inglesa.

A esquadra de Grove fez progressos significativos ao longo das duas últimas temporadas e vem na terceira colocação em 2015, com três pódios até o momento. Porém, apesar do sucesso, o time também amarga erros em pit-stops e decisões equivocadas que custaram pontos importantes neste dois anos, em que a esquadra passou por uma fase de transição e foi buscar nos motores da Mercedes uma forma de voltar a ser competitiva.

Pat Symonds é diretor-técnico da Williams (Foto: Getty Images)

"Eu quero vencer. Não há sentido de fazer isso se não for para vencer", disse o engenheiro britânico ao site da F1. "E quão longe estamos de vencer? Nós estamos, e isso em termos de desempenho bruto, a cerca de um 1% de onde precisamos estar neste momento", completou.

"Operacionalmente, ainda estamos em um estágio imaturo. A Mercedes é uma equipe muito boa — não sem erros como vimos em Mônaco —, mas os erros podem acontecer quando estamos sob pressão. E nós não estamos onde eu quero em termos de operação", acrescentou Symonds.

"Então, tudo que quero é mais 1% extra em termos de desempenho bruto e uma operação sem problemas", emendou.

A Williams subiu ao pódio pela terceira vez neste ano no GP da Itália, com Felipe Massa. Na corrida em Monza, Massa e Valtteri Bottas, o quarto colocado, cruzaram a linha de chegada a 45s de Lewis Hamilton, o vencedor.

Até o momento, a equipe de Frank Williams só conseguiu superar o time alemão uma vez, no treino classificatório para o GP da Áustria do ano passado, quando Massa cravou a pole.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube