Diretor revela que relacionamento ruim resultou na saída de chefe da Renault: “Incapacidade de trabalhar juntos”

Cyril Abiteboul confirmou aquilo que há muito se ventilava sobre o ambiente nada fácil de trabalho na Renault. O diretor da equipe anglo-francesa revelou que o fator determinante para a saída de Frédéric Vasseur da chefia da escuderia foi o péssimo relacionamento com o engenheiro

 

Restando menos de dois meses para o início da pré-temporada e com os trabalhos a todo vapor para o fim da construção do novo carro, a Renault sofreu uma baixa importante com a saída confirmada do seu chefe de equipe, Frédéric Vasseur. O dirigente, que veio da ART Grand Prix na GP2, fora contratado na temporada passada para liderar o time francês, mas não durou nem um ano completo no cargo. Cyril Abiteboul confirmou o que há tempos se ventilava na imprensa europeia: o relacionamento ruim entre os dois foi determinante para a saída de Vasseur da cúpula da Renault.

 
O que ocorreu, segundo a imprensa britânica, foi uma batalha interna pelo poder na Renault. Vasseur foi elevado ao posto de chefe de equipe, enquanto Abiteboul foi nomeado para uma função distinta, de diretor geral, mas trabalhando para ser o elo entre as fábricas de Enstone e Viry-Châtillon, onde são construídos os motores. À época, o próprio Cyril escancarou a crise e veio a público para clamar por mais liderança por parte da equipe face aos resultados decepcionantes no retorno da Renault como equipe à F1.

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

A relação ruim entre Abiteboul e Vasseur praticamente determinou a saída do chefe de equipe da Renault (Foto: Getty Images)
A escuderia marcou apenas oito pontos em 2016: sete com Kevin Magnussen e um com Jolyon Palmer, que foi mantido no time e terá ao seu lado como companheiro de equipe o alemão Nico Hülkenberg, contratado para ser a nova referência da Renault.
 
Tão logo foi confirmada a saída de Vasseur, Abiteboul foi procurado pelo canal Infosport, ligado à emissora francesa Canal Plus. E não escondeu que a dificuldade de relacionamento e a forma de trabalhar de Vasseur determinaram a saída do chefe de equipe da Renault.
 
“A estrutura era um problema para Frédéric, que precisa de muita autonomia porque sempre foi assim na sua vida. Quando és parte de uma estrutura na qual você não é fundador e tampouco acionista e que não gira em torno do seu nome, isso implica em ceder ao processo de tomar as decisões. Esta é a equipe Renault, não de Vasseur ou de Cyril Abiteboul”, comentou.
 
“Este foi o centro da nossa incapacidade para trabalhar juntos com harmonia e estabilidade”, finalizou o diretor geral da Renault Sport.
 
fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube