Doente, Russell vira dúvida para GP de Abu Dhabi. Sirotkin fica de prontidão

George Russell foi para Abu Dhabi já se sentindo indisposto, sofrendo com alguma condição não revelada pela Williams. O britânico participou do TL1, mas depende dos resultados de um exame para saber se disputa a corrida

George Russell até participou do primeiro treino livre do GP de Abu Dhabi, realizado na manhã desta sexta-feira (29), mas corre o risco de não ter a mesma sorte na sequência do fim de semana. O britânico está indisposto por conta de uma doença não especificada, o que faz a Williams esperar o resultado de exames antes de determinar quem forma dupla com Robert Kubica na corrida final de 2019.
 
A equipe britânica avaliou possível substitutos para o caso de substituir Russell. Nicholas Latifi, confirmado como titular em 2020 como substituto de Kubica, não pode participar do GP por ainda não ter superlicença – esta só será obtida após a conclusão da temporada da F2, também neste fim de semana. Esteban Ocon, reserva da Mercedes, também foi cotado. De acordo com a revista britânica ‘Autosport’, o francês chegou até mesmo a testar o cockpit, mas não se sentiu confortável no assento modelado para George.
George Russell é dúvida para a sequência do fim de semana em Abu Dhabi (Foto: Williams)
Dessa forma, a Williams precisou recorrer a Sergey Sirotkin. O russo, que correu pela equipe britânica em 2018, já está em Abu Dhabi como reserva de Renault e McLaren e poderia substituir Russell sem maiores problemas.
 
Entretanto, resta saber se o afastamento de Russell de fato será necessário. O britânico participou do TL1 normalmente, completando 24 voltas. A natureza da indisposição de George – qualquer que seja ela – é o que pode forçar a vinda de Sirotkin.
 
O GP de Abu Dhabi é o último da temporada 2019 da F1. O GRANDE PRÊMIO acompanha a prova AO VIVO e em TEMPO REAL.

Paddockast # 44
RETROSPECTIVA 2019: MUITO QUE BEM, MUITO QUE MAL

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar