Ecclestone garante status de ‘equipe histórica’ à Renault se voltar a ter time próprio. E isso significa bônus financeiro

A Renault tem mais um incentivo para voltar a ter sua própria equipe na F1: a oportunidade de receber o status de equipe histórica e, assim, garantir parte dos 15% de bônus para times assim classificados

Se a Renault já estava demonstrando interesse em voltar à F1 com equipe própria, agora recebeu mais um incentivo para isto: Bernie Ecclestone garantiu que o time vai ter o status de ‘equipe histórica’, o que significa dizer que os franceses vão receber parte do bônus financeiro de 15% dado pela FOM aos times assim classificados.
 
De tudo que arrecada durante a temporada, a FOM distribui 65% para os times da categoria. 50% vão de acordo com os resultados no campeonato, enquanto os outros 15% vão para as tais equipes históricas. Hoje, Ferrari, Williams, Red Bull e Mercedes recebem o benefício.
 
Ecclestone não titubeou para dizer que, caso compre a vaga da Lotus e entre com força na F1 como fizeram Mercedes e Red Bull, o status de equipe histórica será concedido à Renault.
 
“Se entrarem no lugar da Lotus e fizerem tudo direito como aconteceu com Red Bull e Mercedes, a Renault entra na classificação de equipe histórica. Eu espero que isso aconteça, seria ótimo para a categoria”, disse.
 
Em entrevista à ‘Autosport’, o diretor da Renault Cyril Abiteboul falou que o bônus seria muito interessante para a volta do time.
 
“Nós conhecemos este esporte muito bem. Estivemos aqui nos últimos 38 anos, mas precisamos de fundos para ter uma boa performance”, falou.
Cyril Abiteboul reconheceu que o auxílio financeiro seria bem útil para a Renault (Foto: Getty Images)
Abiteboul mostrou que a Renault realmente pensa em voltar com time próprio, mas que seja para lutar na ponta.
 
“Nós não temos a menor intenção em participar da F1 apenas para fazer número como acontece hoje. Com toda a história que nós temos, queremos ter um time de ponta, lutar sempre por vitórias”, afirmou.
 
O francês reconheceu que o bônus financeiro seria bastante útil para a Renault.
 
“Qualquer compensação financeira pela nossa entrada na F1 vai ajudar. A gente sabe que não é só de dinheiro que precisamos, mas dinheiro é bem importante. Então, um comentário desse do Bernie nos anima”, completou.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube