F1

Eliminado no Q1, Gasly culpa evolução da pista na Austrália e vê Red Bull “otimista” ao rifar volta final

A Red Bull achava que o tempo de Pierre Gasly era bom a ponto de nem dar uma última volta rápida no Q1. Foi um erro grave: a pista melhorou e diversos pilotos encontraram tempo, deixando o francês em 17º no grid e “muito decepcionado”
Grande Prêmio / VITOR FAZIO, de Berlim
Pierre Gasly foi ao Albert Park neste sábado (16) de olho em um top-5 na classificação, mas volta com uma eliminação já no Q1 e o 17º lugar no grid de largada. O francês foi surpreendido pela rápida evolução da pista nos últimos minutos – da qual não tirou proveito por permanecer nos boxes, consequência de uma estratégia “otimista” da Red Bull.
 
“Nós focou um pouco otimistas e eu fico muito, muito desapontado com isso”, lamentou Gasly, entrevistado pela BBC. “Nossa estratégia era essa. Eu estava bem feliz com minha primeira volta, que foi só 0s1 pior que a do Max [Verstappen]. Só perdi um pouco. A gente simplesmente não esperava que os outros melhorassem tanto na segunda volta”, continuou.
Pierre Gasly não passou do Q1 em Melbourne (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
Pierre, dado por classificado ao Q2 pela Red Bull, não deu a última volta no Q1 para poupar pneus. Os últimos instantes da sessão foram frenéticos, com pilotos até então apagados encontrando décimos que fariam toda a diferença.
 
“Quando eu vi o tempo que eles estavam ganhando, sendo 1s mais rápido, eu logo percebi que seria bem difícil. É uma decepção porque o TL3 foi melhor. Me senti mais confortável com o carro na classificação e acho que tinha ritmo para conseguir um resultado decente. A evolução da pista nos pegou de surpresa e isso nos custou muito”, seguiu.
 
Lance Stroll, na estreia pela Racing Point, teve mesmo destino e larga em 16º. Os outros ceifados da primeira fase da classificação foram Carlos Sainz Jr., George Russell e Robert Kubica. Dos boxes, Gasly ainda viu Verstappen colocar a Red Bull em quarto, 0s8 pior que o pole Lewis Hamilton.

O GP da Austrália tem largada marcada para 2h10 deste domingo. A corrida representa o começo da temporada 2019 da F1.