F1

Ellinas faz teste aerodinâmico pela Marussia e vira primeiro cipriota a pilotar carro de F1

Além dos testes aerodinâmicos que a Marussia promoverá na base aérea de Kemble na próxima terça-feira (18), Tio Ellinas vai pilotar o MR02 também nos treinos dos novatos em julho, no circuito de Silverstone
Warm Up / Redação GP, de Sumaré
 Bianchi foi novamente um dos bons nomes da F1. O francês foi o 13º (Foto: Getty Images)

A segunda-feira (17) começou com uma notícia histórica para o automobilismo cipriota. Tio Ellinas, um dos destaques e líder da temporada 2013 da GP3, vai guiar o carro da Marussia nesta terça-feira, quando a escuderia de Banbury vai promover uma sessão de testes aerodinâmicos — em linha reta — na base aérea de Kemble, na Inglaterra. Nascido em 27 de janeiro de 1992 em Larnaca, Chipre, Ellinas será o primeiro piloto do seu país a guiar um carro de F1. O jovem também foi confirmado pela Marussia para fazer parte do rol de pilotos que testará durante os treinos com novatos, marcado para julho, em Silverstone.

Ellinas tem sua carreira praticamente toda forjada no automobilismo britânico, mas sua base no kart aconteceu mesmo no Chipre. Foi lá que, em 2003, Tio iniciou uma série de conquistas, como, por exemplo, títulos na Rotax Max Challenge na categoria Junior e o próprio título nacional na categoria KF2, em 2009. Neste mesmo ano, passou a contar com a assessoria do coach Rob Wilson e se mudou para a Inglaterra, país onde vive até hoje.

O jovem Tio Ellinas será o primeiro piloto do Chipre a guiar um carro de F1 (Foto: GP3/ Daniel Kalisz/LAT Photographic)

Depois de passagens pela F-Ford Britânica, em 2010, Ellinas correu em 2011 pela F-Renault do Reino Unido, terminando a temporada em terceiro. No ano seguinte, o piloto ‘subiu’ para a GP3 ao ser contratado pela Marussia Manor. Em seu primeiro ano na categoria de base, Tio conquistou uma vitória em 2012 e fechou em oitavo. Neste ano, o cipriota segue na Marussia Manor. Na primeira corrida da temporada, em Barcelona, Ellinas cravou hat-trick: pole-position, volta mais rápida e vitória, resultado que lhe ajudou a subir para a liderança da temporada, com 55 pontos.

Emocionado pela oportunidade recebida, Ellinas vibrou com a confirmação de que vai guiar um carro de F1. “Não é preciso dizer o quanto estou emocionado por ter esta chance adicional de pilotar o MR02. Estava ansioso para os testes com jovens pilotos desde o último outono, e as semanas demoraram a passar”, disse o cipriota.

“Conseguir pilotar em linha reta no teste desta semana vai me ajudar a preencher esta lacuna [de quilometragem] até Silverstone e também vai permitir que eu possa correr, já que estarei familiarizado com os sistemas do carro e os procedimentos da equipe”, explicou o jovem de 21 anos.

John Booth, chefe de equipe da Marussia, deu as boas-vindas ao novato. “Tio tem feito um trabalho muito impressionante para a nossa equipe na GP3 durante uma temporada e meia até agora. Estamos muito satisfeitos em recebe-lo de volta para uma segunda fase e ainda mais feliz por ele ter nos trazido nossa primeira vitória da temporada na abertura da rodada da Espanha”, lembrou o dirigente britânico.

“Definitivamente, é uma estrela do futuro e merece as oportunidades que estamos dando, começando com um teste aerodinâmico em Kemble, nesta semana”, complementou Booth.