Em busca de mais ultrapassagens, Cingapura muda traçado entre as curvas 11 e 13 do circuito de Marina Bay

Os organizadores do GP de Cingapura anunciaram uma mudança no trecho entre as curvas 11 e 13 do traçado de Marina Bay. Meta é criar mais possibilidades de ultrapassagem

Os organizadores do GP de Cingapura, agendado para o dia 20 de setembro, anunciaram que o traçado de Marina Bay vai sofrer alterações. Em busca de melhores oportunidades de ultrapassagem, foram feiras modificações nas curvas 11, 12 e 13.
 
A FIA (Federação Internacional de Automobilismo) e os promotores da prova concordaram em realinhar a curva 11, para que ela fique mais lenta em comparação com o design de 2014.  A curva 12 também será sutilmente modificada, para que os pilotos entrem do lado esquerdo da Anderson Bridge, antes de chegarem na curva 13 a 200 km/h, e entrarem em um hairpin alargado.
Marina Bay sofreu alterações para ter mais ultrapassagens (Foto: Getty Images)
 Além das mudanças na pista, a cidade está promovendo uma série de alterações no Distrito Civil de Cingapura, que comemora 50 anos de sua independência. O trabalho feito pela Autoridade de Redesenvolvimento Urbano de Cingapura quer integrar o Esplande Park e as áreas do Empress Place para formar uma nova área de artes e cultura, que vai incluir o Museu da Civilização Asiática, o Teatro Victoria, o Concert Hall e a Galeria Nacional.
 
“É um desafio fantástico traduzir as mudanças no Distrito Cívico de Cingapura em melhorias no circuito urbano de Marina Bay”, disse Jonathan Giesecke, diretor do projeto. “Espero que as modificações entre as curvas 11 e 13 permitam uma corrida mais apertada e potencialmente mais possibilidades de ultrapassagem”, concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube