Em busca de terceira vitória em Silverstone, Hamilton revela “sentimento difícil de descrever” como motivação

Lewis Hamilton quer a terceira vitória em casa na F1. O inglês revelou ter um sentimento indescritível toda vez que triunfa em Silverstone e, assim como Nico Rosberg, quer dar a vitória de presente para os funcionários da Mercedes que estarão no autódromo

Lewis Hamilton vai tentar repetir a vitória de 2014 neste final de semana em Silverstone. O inglês, assim como Nico Rosberg, falou em vencer para presentear os funcionários da fábrica da Mercedes que estarão no autódromo e afirmou ser indescritível vencer na frente de seus compatriotas.
 
Hamilton admitiu ter passado longe de um grande desempenho em Spielberg e, portanto, seu segundo lugar não deve ser tratado como desastroso.
 
“Eu sinto que eu nem cheguei perto do meu melhor na Áustria. Não foi nem de longe um final de semana dos mais tranquilos para mim. Portanto, o segundo lugar esteve longe de ser um desastre”, disse.
 
O bicampeão mundial tem um trunfo: toda vez que venceu em casa, sagrou-se campeão. Além disso, Hamilton também sente um gostinho especial em Silverstone.
 
“É difícil descrever o que eu sinto em Silverstone. Ano passado foi simplesmente indescritível, eu levantei o troféu no meio daquela multidão, aquilo foi demais, especialmente após ter começado mal o final de semana”, falou.
Lewis Hamilton comemora com a equipe a vitória no GP da Inglaterra de 2014 (Foto: Getty Images)
Mesmo destacando sua grande torcida no mundo inteiro, Hamilton admitiu que vencer em casa é diferente. Assim como Rosberg, o inglês espera vencer para presentear os funcionários da fábrica da Mercedes que estarão em Silverstone.
 
“Eu tenho a sorte de ter fãs pelo mundo inteiro, mas vencer a corrida de casa é outra história. Temos um carro fantástico este ano, ainda melhor que o de 2014. Provavelmente estaremos muito fortes em Silverstone, vou atrás da vitória. O pessoal da fábrica merece um grande resultado na nossa corrida de casa”, completou.
 
Hamilton vai em busca de sua terceira vitória no GP da Inglaterra. O inglês triunfou no ano passado após largar em sexto, em pódio que ainda teve Valtteri Bottas e Daniel Ricciardo. A pole foi de Nico Rosberg.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube