Em mensagem aos fãs, Hamilton lembra sonho de infância de ser piloto da F1: “25 anos depois eu sou tetra mundial”

Lewis Hamilton é tetracampeão mundial de F1. Logo após sair do carro com o direito de comemorar oficialmente o feito, o piloto da Mercedes tirou um tempo para enviar mensagem endereçado a seus fãs, que o inspiram "tanto quanto são inspirados"

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Tetracampeão mundial e enfim um membro da família real dos pilotos da F1, Lewis Hamilton vive o grande momento de sua carreira. E poucos minutos após sair do carro no GP do México deste domingo (29), Hamilton tirou um tempo para mandar uma mensagem à grande torcida que tem ao redor do mundo. 

 
Lewis lembrou dos primeiros sonhos que teve, ainda menino, de um dia ser piloto da F1. Agora, muitos anos depois e um dos maiores de todos, ele quer ser a prova de que ninguém deveria desistir jamais. 
 
"Lembro de quando eu crescia em Stevenage e sonhava em um dia chegar à F1. Aqui estou eu 25 anos depois e quatro vezes campeão mundial", lembrou.
 
"Agradeço muito a todos os fãs: obrigado por toda a torcida contínua e mensagens vindas de vocês. Vocês me inspiram tanto quanto eu inspiro vocês. Continuem se esforçando com o que for que vocês estejam passando na vida. Nunca desistam", incentivou.
Lewis Hamilton (Foto: AFP)
"Espero que eu sirva como prova viva disse [não desistir], porque tantas coisas foram colocadas no meu caminha na vida, mas continuo indo em frente, e isso é graças a vocês. Muito obrigado, Time LH, nós ganhamos e perdemos juntos", encerrou. 
 
Com o nono lugar alcançado no México, Hamilton seria campeão apenas se Sebastian vettel não vencesse. E Vettel não venceu, chegou em quarto, em função dos toques que ambos tiveram entre si e com Max Verstappen na largada no Hermanos Rodríguez. 

A F1 volta em duas semanas, no fim de semana dos dias 10, 11 e 12 de novembro, com o GP do Brasil. Em 2016, foi Hamilton quem venceu em Interlagos. O GRANDE PRÊMIO faz grande cobertura 'in loco' e acompanha todas as atividades AO VIVO e EM TEMPO REAL.

VIGIAR E PUNIR

COM GALID OSMAN, PADDOCK GP #101 QUESTIONA: VERSTAPPEN MERECEU PUNIÇÃO EM AUSTIN?

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar