Em preparação para temporada 2016, Ferrari desiste de atualização dos motores para GP dos Estados Unidos

A Ferrari não esconde que já trabalha nos motores para a temporada 2016 da F1. Prova disto é que o time não deve mais ter atualização das unidades de potência em Austin, deixando seus tokens para mais tarde

A Ferrari não deve ter atualizações em seus motores para a corrida da F1 deste final de semana em Austin. Contrariando os planos iniciais, o time italiano vai poupar suas fichas de desenvolvimento para mais perto do campeonato do ano que vem, quando a Ferrari planeja ter motores mais estreitos que se adequem ao modelo do carro de 2016.
 
Lorenzo Sassi, engenheiro-chefe dos motores da Ferrari, garantiu que o time não abriu mão de evoluir as unidades de potência de 2015, mas reconheceu que os italianos pensam nos benefícios para 2016.
A Ferrari não vai ter atualizações em seus motores para a corrida americana (Foto: Ferrari/Twitter)
"Nós ainda temos quatro tokens e uma série de ideias boas de como utilizá-los da melhor forma possível. Todas elas são relacionadas a melhorar a potência para esta temporada, mas já de olho no que pode ser útil para o campeonato do ano que vem", disse.
 
A Ferrari faz um bom ano de recuperação. Sebastian Vettel ocupa a segunda colocação no Mundial de Pilotos, mesma situação da escuderia de Maranello no Mundial de Construtores.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube